Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Cooperação na Justiça

Grupo deve implantar processo virtual em todo o Judiciário

Em reunião feita na quarta-feira (28/11), representantes do Conselho Superior da Justiça do Trabalho, do Conselho Nacional de Justiça e do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) manifestaram a disposição de criar um grupo de cooperação para a implantação do processo eletrônico em todo o Poder Judiciário.

O Conselho Superior da Justiça do Trabalho está finalizando com o Serpro um contrato para a implantação do Sistema Unificado de Administração Processual (Suap) em nível nacional. O Suap pode ser a principal ferramenta para a integração digital e a informatização do processo judicial na Justiça do Trabalho. É ele que permitirá a padronização, a unificação e a integração de todo o controle de tramitação das ações trabalhistas, desde a Vara do Trabalho, onde é ajuizada a reclamação, até o TST, última instância recursal para quase todos os processos.

Com o Suap, as partes, juízes, advogados e interessados poderão acessar a qualquer momento, de qualquer lugar, informações sobre tramitação de processos e, ainda, praticar atos processuais (juntar documentos e petições aos autos, obter certidões etc.), já que o sistema absorverá os sistemas e-DOC, e-JUS, Cálculo Trabalhista Rápido, Carta Precatória Eletrônica e AUD (de informatização de salas de audiência) e outros sistemas hoje em funcionamento nos Tribunais trabalhistas.

A cooperação entre os dois conselhos permitirá o compartilhamento de experiências, do qual resultará a racionalização da implementação do processo digital, a padronização de equipamentos, a compatibilidade das regulamentações, a economia de recursos e outras medidas necessárias à eficácia da informatização do Judiciário.

Revista Consultor Jurídico, 29 de novembro de 2007, 12h12

Comentários de leitores

3 comentários

Meu Deus, O Serpro providenciando a informatiz...

Baraviera (Bacharel)

Meu Deus, O Serpro providenciando a informatização dos processos virtuais. Para quem conhece a má qualidade dos serviços prestados pelo órgão vai descubrir que o que era ruim vai ficar pior! Quem viver, verá!

Sim, há os casos do "jus postulandi" na justiça...

LEODAQUI (Bacharel - Administrativa)

Sim, há os casos do "jus postulandi" na justiça do trabalho e outras hipóteses processuais em que a parte pode juntar documentos. Só espero que com isso a justiça se torne realmente célere pois do jeito que está Deus-me-livre precisar dela...

"as partes, juízes, advogados e interessados po...

Zé Mário (Advogado Autônomo - Administrativa)

"as partes, juízes, advogados e interessados poderão acessar a qualquer momento, de qualquer lugar, informações sobre tramitação de processos e, ainda, praticar atos processuais (juntar documentos e petições aos autos, obter certidões etc.)" Entendi direito??!! partes e interessados poderão praticar atos processuais?

Comentários encerrados em 07/12/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.