Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Até que a morte...

Viúva de Pavarotti processa amigas por maledicência

A viúva do tenor italiano Luciano Pavarotti, Nicoletta Mantovani, anunciou que está processando as duas melhores amigas do finado cantor em US$ 44 milhões, sob alegação de que ambas teceram “comentários difamatórios” contra as relações matrimoniais do casal. As informações são do site Findlaw.

Pavarotti morreu a 6 de setembro passado, aos 71 anos, de câncer no pâncreas. Pouco depois do enterro, amigos passaram a dizer que ele era infeliz no casamento com sua segunda mulher, Nicoletta Mantovani. Pavarotti teve com ela uma filha, Alice, de 4 anos de idade. Ele deixou outras três filhas de seu primeiro casamento.

As duas amigas processadas são Franca Corfini Strata, esposa do médico do tenor, e Lidia La Marca, mulher do maestro Leone Magiera, o preferido de Pavarotti. A viúva diz que o dinheiro eventualmente amealhado na ação civil será doado a instituições de caridade. A defesa de Pavarotti coleciona dos jornais recortes com extratos de declarações contra as duas amigas.

Revista Consultor Jurídico, 27 de novembro de 2007, 17h50

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 05/12/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.