Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Fruto proibido

Padre de Goiás é condenado por atentado violento ao pudor

O padre Edson Alves dos Santos, da Paróquia do Imaculado Coração de Maria, em Alexânia (GO), foi condenado a 10 anos e 8 meses de reclusão, em regime inicialmente fechado por atentando violento ao pudor cometido contra um menor de 14 anos. A decisão é da juíza Adriana Caldas Santos. Cabe recurso.

De acordo com denúncia do Ministério Público, os fatos ocorreram por seis vezes, a partir de março de 2005, com o garoto de 11 anos. O garoto freqüentava as missas e tinha muito respeito pelo padre, segundo os autos. Edson Alves dos Santos, se aproveitando disso, o constrangia convencendo-o a dormir na paróquia. Depois, obrigava o garoto a praticar sexo oral e anal. O padre costumava dizer que o que faziam era um segredo entre os dois e Deus, que não deveria ser revelado a ninguém.

Alegando que a denúncia era inepta por não ter apresentado provas suficientes, o padre pediu a absolvição e sustentou ter sofrido cerceamento de defesa. A juíza não acolheu o argumento. Afirmou que sempre estiveram assegurados no processo o direito à ampla defesa e ao contraditório. Também afirmou que a denúncia estava formalmente correta e “descreveu com clareza a conduta imputada a acusado e suas circunstâncias”.

A juíza lembrou, em relação às provas, que a palavra da vítima, nos casos de crimes contra os costumes, tem valor significativo, sobretudo porque, o garoto identificou com “absoluta precisão” o local dos fatos, características físicas do réu, inclusive das partes íntimas, além de descrever a forma como o padre o convencia a praticar os atos libidinosos.

Revista Consultor Jurídico, 12 de novembro de 2007, 12h25

Comentários de leitores

11 comentários

Caramba! Quanta idiotice "non sense"!

Richard Smith (Consultor)

Caramba! Quanta idiotice "non sense"!

Da igreja caótica não espero mais nada...todo o...

Uiliam (Outros - Criminal)

Da igreja caótica não espero mais nada...todo o passado dela a condena...mais recentemente, surgiram esses casos de pedofilia...acho que já está na hora de banir-mos a igreja do brasil...poderíamos começar pela caótica e pela iurd...amém...

hmm..a igreja não o preparou para isso: .."s...

futuka (Consultor)

hmm..a igreja não o preparou para isso: .."segredo entre os dois e Deus".. Se o(s) m.p.(s)e demais autoridades competentes quiserem trabalhar dia e noite basta pesquisar com seriedade e muitas "igrejas poderão fechar as portas",, hoje sabemos ser quase impossível um homem(hetero ou não) viver a sua vida inteira no "tal" celibato, mesmo sendo bem "preparado" para sua "ordenação"!

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 20/11/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.