Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Vôos suspensos

Procon processa Anac e BRA por crise na companhia

O Procon de Guarulhos entrou, na Justiça Federal, com uma ação civil pública contra a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e a empresa BRA Transportes Aéreos neste sábado (10/11). O órgão argumenta que a empresa geriu mal seus negócios. Nesta semana a BRA suspendeu todos os seus vôos e demitiu 1,1 mil funcionários, que cumprirão aviso prévio de 30 dias. O Procon acusa a Anac de não ter tentado evitar a suspensão dos vôos.

“Há fortes indícios de que Anac sabia o que estava acontecendo. Um dos indícios que mencionamos na ação é a suspensão que a Anac fez dos vôos internacionais da BRA em outubro”, afirmou o diretor do Procon de Guarulhos, Leonardo Freire. As informações são do portal de notícias G1.

Leonardo Freire elogiou a ação da Anac no aeroporto de Guarulhos, na Grande São Paulo, mas apontou que em médio e longo prazo os passageiros não têm garantia de que vão embarcar. “Não há reclamação de quem tentou voar e não conseguiu, mas a gente não está vendo eficácia na solução a médio e longo prazo”, diz o diretor.

O Procon chama a atenção para o aumento do movimento nas festas de fim de ano que pode deixar passageiros da BRA sem assentos à medida que a demanda por bilhetes das outras companhias aéreas aumenta.

Revista Consultor Jurídico, 10 de novembro de 2007, 20h06

Comentários de leitores

6 comentários

Lamento, mas o PROCON não tem competência (nem...

A.G. Moreira (Consultor)

Lamento, mas o PROCON não tem competência (nem ninguém) para processar, qualquer empresa, que feche as portas, por insucesso financeiro ou por qualquer outro motivo !!! Quanto à capacidade da empresa atuar ou não , no setor aéreo , é competência da ANAC , averiguar, fiscalizar, prevenir e cassar licenças !!!

Lamento, mas o PROCON (nem ninguém) tem competê...

A.G. Moreira (Consultor)

Lamento, mas o PROCON (nem ninguém) tem competência para processar, qualquer empresa, que feche as portas, por insucesso financeiro ou por qualquer outro motivo !!! Quanto à capacidade da empresa atuar ou não , no setor aéreo , é competência da ANAC , averiguar, fiscalizar, prevenir e cassar licenças !!!

ridiculo é o risco de deixar mais uma vez traba...

veritas (Outros)

ridiculo é o risco de deixar mais uma vez trabalhadores e consumidores na mão, esperamos que não aconteça, será o sexto caso no setor .

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 18/11/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.