Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Rezem por mim

Pastor vereador é multado por pedir oração a fiéis

O Tribunal Superior Eleitoral confirmou a multa aplicada para o vereador e também pastor Maurício Fernando Peixer (PSDB-SC), por distribuir material de campanha fora do prazo nas eleições de 2006. Peixer concorria a uma vaga de deputado estadual.

A multa foi fixada pelo Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina. Ele tentou reverter a determinação, mas a segunda instância não admitiu a subida do Recurso Especial para o TSE. Por isso, sua defesa ingressou com Agravo de Instrumento.

A alegação no TSE era de que o material distribuído tinha cunho religioso. O ministro Marcelo Ribeiro, relator, não acolheu o argumento. Ele ressaltou que o candidato, embora não pedisse expressamente voto, distribuía material que continha foto, currículo e referências eleitorais, o que deixava evidente a participação dele nas eleições. O ministro afirma ainda que ficou subentendido o pedido de prece pela vitória no “Rezem por mim”.

Revista Consultor Jurídico, 7 de novembro de 2007, 0h00

Comentários de leitores

1 comentário

Parece até piada. Processam um vereador por ped...

Petró (Bancário)

Parece até piada. Processam um vereador por pedir reza e deixam que pastores inescrupulosos exijam dinheiro dos fiéis dizendo que Deus vai dar multiplicado. Fecham os bingos porque é jogo de azar, mas os jogadores já sabem que vão lá para arriscar, enquanto os pastores afirmam que seus fiéis vão ter o retorno de suas ofertas, com toda certeza. Já é tempo da justiça tirar a venda.

Comentários encerrados em 15/11/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.