Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Para acelerar

Equipe do TST faz triagem de agravos para agilizar julgamentos

Uma equipe de servidores do Tribunal Superior do Trabalho formada em Direito ou cursando os últimos semestres fará, a partir do próximo dia 9 de abril, um mutirão de triagem dos Agravos de Instrumentos já distribuídos aos 12 juízes convocados de TRTs que atuam na Corte.

São cerca de 75 mil agravos armazenados. A equipe de triagem trabalhará uma semana para cada juiz até o dia 30 de junho. Para auxiliar o trabalho, os servidores contarão com uma avançada ferramenta de informática, baseada na tecnologia Business Intelligence, conhecida como Business Objects (BO).

Na triagem, os servidores informarão, por meio sistema de gerenciamento de informações BO, o tema tratado no recurso e ainda os fundamentos do despacho agravado. Com isso, será possível identificar processos que tratem de matérias idênticas, facilitando o serviço nos gabinetes dos juízes convocados e também dos próprios relatores.

A ordem do atendimento semanal a cada gabinete foi definida depois de um sorteio em reunião com o presidente do TST, ministro Rider de Brito. O trabalho começará pelo gabinete do juiz Ricardo Alencar Machado, que atua na 3ª Turma do TST.

Revista Consultor Jurídico, 29 de março de 2007, 13h13

Comentários de leitores

1 comentário

Ou seja, agora o relatório não é mais feito nem...

Maurício (Bacharel)

Ou seja, agora o relatório não é mais feito nem pelo assessor, mas por estagiários... E o voto, bem, como ele é feito é segredo de Estado! (opino que deve ser um software, que talvez até já forneça a assinatura digital do Senhor Ministro Relator). Estaremos sendo julgados pelas máquinas?

Comentários encerrados em 06/04/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.