Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

A desclassificação

Pai que agrediu nadadora enfrenta Justiça da Austrália

O técnico ucraniano Mikhail Zubkov, de 38 anos, terá que se apresentar a um tribunal do Estado de Victoria, na Austrália, nesta quinta-feira (29/3). Na terça-feira, ele agrediu a sua filha, a nadadora Kateryna Zubkova, 18, por um mau resultado no Mundial de Desportos Aquáticos de Melbourne. As imagens foram capturadas pela rede de TV Nine Network.

Zubkov já está sofrendo sanções. A Polícia do estado determinou que ele fique a pelo menos 200 metros de sua filha. O porta-voz da Polícia Stacey Mair disse que a ordem segue a lei australiana da família, que permite que a Polícia notifique publicamente o agressor e a vítima, antes que o inquérito seja concluído. Não foi informado ainda as acusações formais que ele sofrerá. Mas, a Polícia garantiu que a investigação termina antes que ele saia do país.

A FINA (Federação Internacional de Esportes Aquáticos) também expulsou o treinador de seu quadro de associados. Técnico da seleção nacional, a partir de agora ele fica proibido de participar de competições oficiais da entidade.

A nadadora foi repreendida por não conseguir se classificar para as semifinais dos 50 m costas. Ela já foi campeã européia de nado costas, além de ter vencido oito títulos nacionais na Ucrânia. Um médico examinou a moça, que não sofreu ferimentos graves.

Revista Consultor Jurídico, 29 de março de 2007, 14h14

Comentários de leitores

3 comentários

Vocês não estão entendendo lhufas. O velho Mikh...

edisio (Advogado Autônomo)

Vocês não estão entendendo lhufas. O velho Mikhail é um técnico ciumento. Deu na filha por causa do namorado. Se na Australia vigorasse a Lei Maria da Penha, aquela que levou um tiro do marido e depois foi eletrocutada, mas não morreu, o babado seria outro. Ou não?

Corre lá na Australia, Batchi, pois parece que ...

Band (Médico)

Corre lá na Australia, Batchi, pois parece que só você viu isto e vão fazer uma injustiça com este pais carinhoso! Estes australianos não sabem nada mesmo!

Não podemos culpá-lo. Ele foi criado na Ucrânia...

Band (Médico)

Não podemos culpá-lo. Ele foi criado na Ucrânia, e aprendeu o que é direitos humanos lá. Tinha um técnico da Ex-URSS do time de vôlei feminino que era assim também. Eles não dão valor para estas pieguices pequeno-burgueses! É no cacete mesmo!

Comentários encerrados em 06/04/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.