Consultor Jurídico

Comentários de leitores

5 comentários

É até engraçado ler uma entrevista desta, porqu...

Neemias Prudente (Servidor)

É até engraçado ler uma entrevista desta, porque dizer triste significa pouco. Como pode existir pessoas com alto conhecimento pensarem desta forma? O Brasil esta um caos, e estas medidas "receitadas" pelo Porto só tendem a piorar nosso quadro. RDD: Este modelo de prisão tem como fonte os presídios de isolamento total dos EUA, conhecidas como Supermax, onde 1% (mais de 20 mil detentos) da população carcerária, “o pior dos piores” estão encarcerados. O RDD não se ajusta, minimamente, aos direitos e garantias individuais consolidados na Constituição da Republica, na Lei de Execução Penal, no Código Penal e tratados e convenções internacionais. No EUA, com a aplicação do Supermax (RDD) notou-se que a reincidência é alta e atinge 70% dos casos. Prisão: Construir mais prisão? para quem? do total dos crimes cometidos hoje mais de 70% são crimes contra o patrimonio, onde pessoas que não tem a minima condição de sobreviverem recorrem ao ilicito. Na cadeia, em sua grande maioria, só tem pobre e "negro", que praticaram algum crime contra o patrimonio. Já que os detentores de capital e poder estão soltos por ai, envolvidos em mensalão e nada se faz a respeito. Desde quando a cadeia resolve, a cadeia destroi, danifica, estigmatiza o preso. PCC: E quando ao PCC, o que eles querem, em sua maioria, é que a Lei seja cumprida, e nada mais do que isso, seus direitos e garantias assegurados (Dra. Ana Lucia Sabadell, expoente e pesquisadora de grande renome sobre o assunto, o que tenho grande prazer em ter como orientadora a nivel de mestrado). Quem diz que se deve prender é por que não passou sequer um dia na prisão. O EUA não serve de modelo, já que O numero de americanos sob o controle do sistema penitenciário atingiu quase 6,9 milhões. Trata-se de 3,2% da população adulta dos EUA. Ocorre que a população carcerária teve aumento nos últimos anos em mais de 3% nas cadeias e 2% nas prisões . Isto mostra o total fracasso da prisão nos EUA – a criminalidade em ascensão. Fico muito triste com estas "opiniões" do membro do MP. Como bem assevera um dos grandes pensadores do momento, jurista e criminólogo, o qual tenho o prazer de ter como orientador a nivel de especialização, Juarez Cirino dos Santos, a reforma penal deve ater-se as propostas de humanização do sistema penal, que tem por objeto programas radicais de descarcerização e de garantia dos direitos legais e constitucionais do condenado. Ainda bem que todos não pensam igual ao promotor, senão o que seria da esperança? .Devemos atacar as causas profundas da criminalidade, como a fome, a miseria, falta de educação, saude etc., todos garantidos na CF/88 formalmente. Meus estimados pêsames. Pos esta obra já nasce morta para os que tem esperança. Neemias Moretti Prudente, Consultor Jurídico, Mestrando em Direito Penal pela UNIMEP/SP, Pós Graduando em Direito Penal e Criminologia pelo ICPC/UFPR, Bacharel em Direito, Membro da sociedade brasileira de Vitimologia e do Instituto de Criminologia e Política Criminal.

É até engraçado ler uma entrevista desta, porqu...

Neemias Prudente (Servidor)

É até engraçado ler uma entrevista desta, porque dizer triste significa pouco. Como pode existir pessoas com alto conhecimento pensarem desta forma? O Brasil esta um caos, e estas medidas "receitadas" pelo Porto só tendem a piorar nosso quadro. RDD: Este modelo de prisão tem como fonte os presídios de isolamento total dos EUA, conhecidas como Supermax, onde 1% (mais de 20 mil detentos) da população carcerária, “o pior dos piores” estão encarcerados. O RDD não se ajusta, minimamente, aos direitos e garantias individuais consolidados na Constituição da Republica, na Lei de Execução Penal, no Código Penal e tratados e convenções internacionais. No EUA, com a aplicação do Supermax (RDD) notou-se que a reincidência é alta e atinge 70% dos casos. Prisão: Construir mais prisão? para quem? do total dos crimes cometidos hoje mais de 70% são crimes contra o patrimonio, onde pessoas que não tem a minima condição de sobreviverem recorrem ao ilicito. Na cadeia, em sua grande maioria, só tem pobre e "negro", que praticaram algum crime contra o patrimonio. Já que os detentores de capital e poder estão soltos por ai, envolvidos em mensalão e nada se faz a respeito. Desde quando a cadeia resolve, a cadeia destroi, danifica, estigmatiza o preso. PCC: E quando ao PCC, o que eles querem, em sua maioria, é que a Lei seja cumprida, e nada mais do que isso, seus direitos e garantias assegurados (Dra. Ana Lucia Sabadell, expoente e pesquisadora de grande renome sobre o assunto, o que tenho grande prazer em ter como orientadora a nivel de mestrado). Quem diz que se deve prender é por que não passou sequer um dia na prisão. O EUA não serve de modelo, já que O numero de americanos sob o controle do sistema penitenciário atingiu quase 6,9 milhões. Trata-se de 3,2% da população adulta dos EUA. Ocorre que a população carcerária teve aumento nos últimos anos em mais de 3% nas cadeias e 2% nas prisões . Isto mostra o total fracasso da prisão nos EUA – a criminalidade em ascensão. Fico muito triste com estas "opiniões" do membro do MP. Como bem assevera um dos grandes pensadores do momento, jurista e criminólogo, o qual tenho o prazer de ter como orientador a nivel de especialização, Juarez Cirino dos Santos, a reforma penal deve ater-se as propostas de humanização do sistema penal, que tem por objeto programas radicais de descarcerização e de garantia dos direitos legais e constitucionais do condenado. Ainda bem que todos não pensam igual ao promotor, senão o que seria da esperança? .Devemos atacar as causas profundas da criminalidade, como a fome, a miseria, falta de educação, saude etc., todos garantidos na CF/88 formalmente. Meus estimados pêsames. Pos esta obra já nasce morta para os que tem esperança.

DR.PORTO MERECE NOSSO RESPEITO E ADMIRAÇÃO. JUR...

Ruberval, de Apiacás, MT (Engenheiro)

DR.PORTO MERECE NOSSO RESPEITO E ADMIRAÇÃO. JURISTA DE ESCOL E CUMPRIDOR DE SEU DEVER LEGAL.

Dr. Porto, parabéns ! Dia virá em que...

Dijalma Lacerda (Advogado Sócio de Escritório - Civil)

Dr. Porto, parabéns ! Dia virá em que o Brasil conseguirá adotar reais formas alternativas de cumprimento de pena, com vistas a, verdadeiramente, recuperar o cidadão para o seio social. Do jeito que está é balela. Há países em que o preso é monitorado à distância, com a chamada "coleira eletrônica", e nos quais o livramento condicional realmente funciona, etc. etc, há prisões administradas pela iniciativa privada .... Então, não está na hora de nós copiarmos o que tem de bom por aí?

Gostaria de parabenizar o Doutor Porto, oqual s...

drnakatani (Advogado Assalariado)

Gostaria de parabenizar o Doutor Porto, oqual sempre teve atuações ponderadas, pela brilhante entrevista. O único fator que por vezes me incomoda é o fato de nem sempre os nobres membros do parquet agirem da mesma forma leal e com a cortesia apresentada pelo Dr. Porto.

Comentar

Comentários encerrados em 30/03/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.