Consultor Jurídico

Comentários de leitores

18 comentários

E AS DENUNCIAS NUNCA VÃO A FRENTE... AO EXMO...

Luiz P. Carlos (((ô''ô))) (Comerciante)

E AS DENUNCIAS NUNCA VÃO A FRENTE... AO EXMO. SR. DR. Dês. Sergio Cavaliere Filho E EXMO. DR. PROCURADOR GERAL DO ESTADO DR. Marfan Martins Vieira COMARCA DA CAPITAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO–RJ. ‘DENUNCIA CRIME’ Protocolo do TJERJ – No. 2005-024201 de 11/02/2005. Protocolo do MPERJ – No. 2005.001.05170.00 de 11/02/2005. DENUNCIANTE. Luiz Pereira Carlos, DENUNCIADOS. Município do Rio de Janeiro. Dr. César Epitácio Maia. Na pessoa de um de seus procuradores. Cite-se – Rua da Quitanda No. 50 – 17º. Andar – Centro. Rio de Janeiro – Capital Linha Amarela S.A. (Lamsa). CGC 00.974.2111/0001-25 e IM 01.988.069. Na pessoa de seu Titular e Responsável. Cite-se – Avenida Carlos Lacerda s/n – Praça do Pedágio – Bairro de Água Santa. Rio de Janeiro – Capital EXMOS.DRS. O Autor desta DENUNCIA vem Mui Respeitosamente a essas Autoridades com os Direitos e a obrigação que lhe confere a Constituição Federal. Solicitar providencia no sentido validar as normas Constitucionais e Legais cabíveis em especial as clausulas pétreas da Carta Magna, propor que se tomem medida para Anular Ato Lesivo e Inconstitucional do Poder Executivo Municipal.

O que esperamos do CONJUR é a divulgação dos no...

Luiz P. Carlos (((ô''ô))) (Comerciante)

O que esperamos do CONJUR é a divulgação dos nomes dos candidatos que prestaram esse exame e não apenas o nome de uma única moça cuja sua mãe é notoriamente agravada pelo próprio poder judiciário constantemente, por motivos que particularmente eu desconheço, muito embora acompanhe tais retaliações a essa pessoa. Depois, gostaríamos que cruzassem os nomes de autoridades do tipo procurador geral, presidentes de TJ, Desembargadores, Juizes e Ministros, etc. para se confrontar com o atual quadro de Juizes, Promotores, Policiais Federais, etc. Não será propriamente uma surpresa, mas vamos ver que 80% dos cargos estão sendo ocupados, coincidentemente, de pai para filho. A CONJUR e a imprensa de modo geral devem sim uma satisfação à altura do sofrido povo brasileiro, que espera por justiça livre, digna e isenta. "QUEM ABRE MÃO DAS LIBERDADES ESSENCIAIS PARA OBTER UMA PEQUENA SEGURANÇA... NÃO MERECE NEM LIBERDADE NEM SEGURANÇA." Benjamim Franklin (patrono dos EUA) Muito interessante à coincidência: A algum tempo fiz uma denuncia sobre o esquema do Pedágio Linha Amarela ao MPRJ, foi arquivado sorrateiramente, uma Promotora na época Dra. Dalva Pieri Nunes, confirma a legitimidade do arquivamento. O nome dessa promotora parece tanto com o nome da moça, Denise Pieri Nunes, supostamente envolvida nas denuncias da OAB-RJ; - Que coisa ! Para que o comentário fique bem esclarecido, segue os dados: Denuncia No. CAODCNo. 118/02 OFICIO GCGMP No. 47/03 Ref: Proc.225/03 Expediente interno No. 24 Proc. MP. 39624/02ª http://www.midiaindependente.org/pt/blue/2007/03/375904.shtml

Lamentável observar que nem sequer o nosso Judi...

Carla (Advogado Assalariado)

Lamentável observar que nem sequer o nosso Judiciário tem seriedade. Muito triste perceber que vários colegas se dediquem tanto em vão. São anos e anos estudando e realizando considerável custo com materiais e cursos, além da frustração pessoal e profissional gerada em razão da não aprovação em concursos deste tipo. É isto aí, colegas estudantes, não vamos desanimar, afinal para que o nosso País tenha um futuro digno, precisamos de vcs.

Lamentável, conclui-se que a tradição corrupta ...

Clovis Roberto G Macedo (Advogado Autônomo - Civil)

Lamentável, conclui-se que a tradição corrupta do País atinge até pessoas de quem se espera conduta ilibada.

Fraude no Concurso para Juiz de Direito do Esta...

Dr. Júlio César (Advogado Autônomo)

Fraude no Concurso para Juiz de Direito do Estado do Rio de Janeiro????? Impossível, afinal todos sabemos que se trata do maior e mais ético Tribunal do País, não acredito que os Desembargadores seriam tão sujos ao ponto de fraudar o certame para colocarem os seus filhotes - afinal - trata-se de um salário de 20 mil reais somente! Além do quê - o fruto não cai mt longe da àrvore - e filho de peixe peixinho é! Que coisa....

Não é só no Rio, nem é só esse tipo de concurso...

allmirante (Advogado Autônomo)

Não é só no Rio, nem é só esse tipo de concurso. Os concursos para cartórios, muito mais rentáveis, também são preenchidos por esses filhos de desembargadores.

Muita estranho. Hora de mudar todo os procedim...

Bira (Industrial)

Muita estranho. Hora de mudar todo os procedimentos e impedir que parentes de até 3 grau possam concorrre. Só a suspeita já ofende a constituição nos direitos fundamentais.

DENUNCIA DA OAB-RJ DE FRAUDE NO CONCURSO PRA JU...

Luiz P. Carlos (((ô''ô))) (Comerciante)

DENUNCIA DA OAB-RJ DE FRAUDE NO CONCURSO PRA JUIZ. Muito interessante à coincidência: A algum tempo fiz uma denuncia sobre o esquema do Pedágio Linha Amarela ao MPRJ, foi arquivado sorrateiramente, uma Promotora na época Dra. Dalva Pieri Nunes, confirma a legitimidade do arquivamento. O nome dessa promotora parece tanto com o nome da moça, Denise Pieri Nunes, supostamente envolvida nas denuncias da OAB-RJ; - Que coisa ! Para que o comentário fique bem esclarecido, segue os dados: Denuncia No. CAODCNo. 118/02 OFICIO GCGMP No. 47/03 Ref: Proc.225/03 Expediente interno No. 24 Proc. MP. 39624/02ª http://www.midiaindependente.org/pt/blue/2007/03/375904.shtml

Por isso que vez ou outra se vê falcatruas no j...

aroldinho (Estudante de Direito - Criminal)

Por isso que vez ou outra se vê falcatruas no judiciário.Se para o ingresso na carreira se faz isso, imaginem quando se entra? Por esses exemplos vemos que a intenção de acabar com os problemas e desigualdades que temos em nosso país, está quase que impossível de ocorrer, pois se dentro de uma classe nobre como a magistratura se paga essa pouca vergonha, no berço da robalheira que é a política desse país é que o descaso e a cara de pau é maior.

Isso nunca foi novidade aqui no Rio. A diferenç...

João Bosco Ferrara (Outros)

Isso nunca foi novidade aqui no Rio. A diferença é que agora a máscara da imoralidade reinante dentro do Judiciário está começando a cair. Pergunto: como confiar numa justiça nepotista, integrada por pessoas que usam o poder em benefício próprio? O sistema faliu. Precisamos urgentemente pensar em outro, capaz de romper as tradições e inovar na tentativa de melhorar.

Ratifico o desafio feito pelo professor Armando...

Rossi Vieira (Advogado Autônomo - Criminal)

Ratifico o desafio feito pelo professor Armando. A maior sacanagem é que haviam outros mais de 8.000 inscritos.Nesses concursos a taxa de ingresso às provas de admissão é absurdamente inadequada. De R$180 a R$ 200 reais ou mais. Absurdo são os outros 20 candidatos, os que passaram no exame sem o uso de ardil , que terão de fazer nova prova. Conheço muita gente que ingressou em bons concursos porque realmente estudaram, mas desconfiava desse tipo de fraude. Uma pena. Ou não. A notícia boa é que alguma fiscalização foi feita e a fraude foi detectada. Otavio Augusto Rossi Vieira, 40 advogado criminal em São Paulo

Alguma novidade na notícia?

Relax (Procurador Autárquico)

Alguma novidade na notícia?

Bubi, sugiro ...os bispos...

Armando do Prado (Professor)

Bubi, sugiro ...os bispos...

se já no concurso da magistratura é assim, imag...

bubi (Advogado Autônomo)

se já no concurso da magistratura é assim, imagina o resto...........a quem vamos recorrer?

Não acredito que isso esteja acontecendo aqui n...

Wagner Salsa (Advogado Sócio de Escritório - Criminal)

Não acredito que isso esteja acontecendo aqui no Brasil. Se fosse na Suiça eu até acreditaria.......

digo, jurisdição

Armando do Prado (Professor)

digo, jurisdição

Concordo com o senhor Luke Gage, acrescentando ...

Armando do Prado (Professor)

Concordo com o senhor Luke Gage, acrescentando apenas que isso deve campear pela Terra de Vera Cruz. Esse exame oral é odioso, pois propicia excesso de subjetividade na avaliação. Como se vê, tudo é armado para que uma espécie de casta se perpetue no poder. Finalmente, uma das pragas atuais, os tais dos cursinhos: são tão bons (finaceiramente) que juízes chegam a se exonerar para ministrar suas aulas. Esses ainda agem com ética. Pior, os que dão aulas, atuam na juridição (que jeito, hem?), ou no M.P. (como, hem?). Conheço um promotor que é Coordenador de uma famosa universidade, sendo interessante que o CNMP tentasse descobrir em hora, dia, mês, ou ano, ele atua no MP.

Só será possível acreditar na lisura dos concur...

Luke Kage (Advogado Sócio de Escritório)

Só será possível acreditar na lisura dos concursos públicos para carreiras jurídicas quando: 1) Cessar esta ridícula obrigatoriedade de apresentação de carta de recomendação de 3 "otoridades", como se não ser parente, amigo ou puxa-saco de juiz ou desembargador é uma mácula na vida do candidato. Pior que sistema de castas brâmane; 2) Extinção da prova oral ou, no mínimo, sorteio das perguntas (igual de bingo mesmo, com papelzinho na urna e auditoria externa), pois causa asco verificar a disparidade de exigência dos examinadores na prova oral quando o candidato tem ou não pistolão; 3-) Obrigatoriedade de o Tribunal contratar de empresa externa (Vunesp, FCC, CESPE-UNB,etc) para realizar a aplicação das provas, inclusive a escrita e a oral. 4-) Extinção da entrevista (coisa inédita nas demais carreiras públicas), mantendo-se apenas o exame psicotécnico e apresentação das certidões negativas de protestos e dos distribuidores judiciais. 5-) Proibir juízes e desembargadores de ministrarem aulas em cursinhos preparatórios. Acho que seria um começo para tentar moralizar esta vergonha.

Comentar

Comentários encerrados em 23/03/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.