Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Nada disso

Professora não consegue indenização de US$ 2 milhões

Por 

Um júri de Central Islip, em Nova York, rejeitou pedido de uma professora. Ela pediu para receber US$ 2 milhões de uma escola em que trabalhou. As informações são do site Findlaw.

Lauren Berrios, 37 anos, processou a escola Hampton Bays em 2001. Segundo ela, o diretor, Andrew Albano, demitiu-a por considerar que ela era “uma bruxa”. Ela teria sido proibida de ficar ao lado de outros funcionários da escola.

Os jurados concordaram com os argumentos do advogado da escola, Steven Stern, para quem Berrioes era uma “bizarra contadora de histórias, fabricadora de contos como o de que seu marido sobreviveu a queda de avião e que seu filho de dois anos de idade perdeu seus dedos da mão num acidente”.

 é repórter especial da revista Consultor Jurídico

Revista Consultor Jurídico, 14 de março de 2007, 17h09

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 22/03/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.