Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Justiça e o cidadão

Programa de TV Brasil Eleitor completa 150 edições

O programa de televisão Brasil Eleitor, produzido pelo Tribunal Superior Eleitoral, completa 150 edições neste domingo (11/3). O programa foi criado em 2004 para levar informações sobre a Justiça eleitoral ao cidadão.

O Brasil Eleitor mostrou decisões importantes, contou histórias de pessoas que fazem questão de exercer a cidadania por meio do voto, informou o eleitor sobre como agir na hora de escolher os seus representantes, orientou candidatos e, assim, participou do fortalecimento da democracia.

Na 150ª edição, o Brasil Eleitor vai revelar o perfil dos brasileiros filiados a partidos políticos. O programa, que vai ao ar às 21h30 horas de domingo na TV Justiça, trará duas reportagens especiais sobre o assunto. Um levantamento do Tribunal Superior Eleitoral mostrou que mais de 11 milhões de eleitores estão vinculados a uma das 28 legendas existentes no país. As mulheres são minoria, mas a participação delas no processo político nacional é crescente.

O programa mostrará, também, a corrida por uma vaga na Justiça Eleitoral. Na Paraíba, o concurso público para o Tribunal Regional Eleitoral levou muita gente de volta às salas de aula e mais de 70 mil candidatos disputam os postos oferecidos pela Justiça Eleitoral no estado.

A trajetória do ex-senador Teotônio Vilela, um dos expoentes do antigo MDB (hoje PMDB) na resistência ao regime militar, nos anos 70, que ficou conhecido como "menestrel das Alagoas", também será destaque no Brasil Eleitor. O quadro Personalidades mostra a atuação do homem que, do apoio inicial à ditadura, acabou na briga pela reabertura política.

No quadro Blitz do Eleitor, moradores do Espírito Santo são questionados sobre a escolha do senador: o representante político que tem oito anos de mandato e que tem a missão de defender os interesses do estado.

Horários de exibição

Produzido pelo Tribunal Superior Eleitoral, em parceria com a TV Cultura/Fundação Padre Anchieta, o programa Brasil Eleitor vai ao ar na TV Justiça todos os domingos, às 21h30, com reprises às segundas (13h30), às quartas (23h30) e às sextas (6h).

A TV Justiça pode ser acessada pelos canais Sky (canal 95), Direct TV (canal 209) e Net (em Brasília é o canal 10). O programa é retransmitido pelas TVs Cultura, Senado e Assembléia de vários estados, nos seguintes horários:

— TV Cultura: sexta, 7h;

— TV Senado: sábado, às 13h, 17h e 20h30; domingo, às 13h30;

— TV Câmara de São Paulo: sextas, às 17h10;

— TV Assembléia de Minas Gerais: sábado, às 13h30; domingo, às 22h30; segundas, às 8h;

— TV Assembléia do Espírito Santo: sábados e domingos, às 15h e 21h;

— TV Assembléia do Ceará: sábados e domingos, às 15h e 21h;

— TV Assembléia de Santa Catarina: todos os dias, menos quarta-feira, às 8h30, 13h30 e 23h30;

— TV Assembléia do Rio Grande do Norte: terças, às 20h; sextas, às 15h; e sábados, às 11h40;

— TV Assembléia do Mato Grosso: segundas, às 13h, 19h30 e 23h30; terças a domingos, às 8h, 13h, 19h30 e 23h30;

— TV Universitária do Paraná: segundas, às 1h30, 6h30, 11h30 e 16h30; sábados, às 18h30 e 23h30; e domingos, às 10h30, 15h30 e 20h30;

— TV Fortaleza: segundas, às 20h; terças a quintas, às 13h30; quintas a sábados, às 20h;

— Canal 21 Mercosul: sextas, às 11h; e sábados, às 14h.

Revista Consultor Jurídico, 11 de março de 2007, 0h01

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 19/03/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.