Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

No ataque

Jogador Amoroso quer R$ 192 mil pelo Mundial de Clubes

O atacante Márcio Amoroso dos Santos entrou com ação trabalhista na 23ª Vara do Trabalho de São Paulo. Ele quer receber do São Paulo Futebol Clube o pagamento de R$ 192 mil. O atacante pede a premiação pelo título do Mundial Interclubes de 2005.

Amoroso, que agora atua pelo Corinthians, também exige do clube a entrega de um diploma de mérito esportivo dado aos outros atletas campeões.

Ele afirmou ao juiz Ronaldo Luís de Oliveira que houve uma negociação entre os atletas e o São Paulo, conduzida pelo goleiro Rogério Ceni, em que cada jogador que participasse das duas partidas finais do mundial receberia o prêmio. "Não houve estipulação de qualquer prazo para permanência no clube após o final do torneio", garantiu Amoroso.

O advogado José Edgard Galvão Machado, que representou o clube na audiência, contestou o atleta. Ele afirmou que o valor do prêmio (R$ 160 mil) foi fixado de forma espontânea e anunciado antes dos dois jogos, no Japão. "Sem qualquer a participação dos atletas", garantiu.

Segundo Machado, a condição para que o atleta recebesse o prêmio seria a participação nas duas partidas finais e a permanência no clube até fevereiro de 2006. Outros dois jogadores (Cristian e Grafite) não receberam o prêmio por não atenderem o critério.

O juiz tentou uma conciliação entre o atleta e o clube. O São Paulo se comprometeu a analisar a proposta e afirmou que faz “questão de entregar o diploma ao atleta". Caso Amoroso e clube não cheguem a um acordo, o processo será julgado até o próximo dia 29 de março.

Revista Consultor Jurídico, 2 de março de 2007, 18h48

Comentários de leitores

2 comentários

Como São Paulino, também penso igual ao JLSB, o...

Fábio (Advogado Autônomo)

Como São Paulino, também penso igual ao JLSB, o jogador Amoroso deve receber o prêmio, pouco importando quanto tempo ele ficou no Clube após a conquista e sendo pouco relevante o fato de após isso ele ter se transferido para o Rival Corinthians. Como torcedor, espero que o São Paulo cumpra sua palavra, somente isso!!!

Ridicula esta discurssão, se houve uma premiaçã...

JLSB (Bacharel)

Ridicula esta discurssão, se houve uma premiação prometida, deve existir um registro, se não houve e foi conferido um prêmio, ele deve ser dado ao jogador amoroso, pois ele participou das partidas do torneio,m sendo irrelevante quanto tempo ele permaneceu no clube posteriormente ao munidal de clubes. José Luiz - BH

Comentários encerrados em 10/03/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.