Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Rápida punição

Acusado de matar garota em São Vicente vai para Fundação Casa

Por 

O adolescente suspeito de matar a garota de 13 anos Emily Guedert de Araújo, em São Vicente (no litoral paulista), vai para uma unidade da Fundação Casa. A decisão foi tomada nesta quarta-feira (23/5) pelo juiz da 3ª Vara Criminal da Infância e da Juventude de São Vicente, Luis Guilherme Vaz de Lima Cardinale.

O assassinato aconteceu na tarde do domingo (20/5), durante uma tentativa de assalto. A garota foi morta, na porta de casa, com um tiro na cabeça, depois de se recusar a entregar uma máquina fotográfica digital a dois assaltantes.

Emily foi abordada pelos adolescentes por volta das 15h30, quando tirava fotografias de um casal de amigos com sua câmera. Os suspeitos chegaram de bicicleta e exigiram o equipamento. Ao tentar fugir, a garota foi baleada. O tiro atingiu a testa. Não houve tempo de socorrer a vítima.

Pela decisão da Justiça, o adolescente, de 14 anos, deve permanecer na Fundação Casa por um período de 45 dias. Uma nova audiência para que as testemunhas do crime sejam ouvidas está marcada para o próximo dia 6 de junho. Nessa data, o juiz define por quanto tempo o menor ficará internado.

 é repórter da revista Consultor Jurídico

Revista Consultor Jurídico, 24 de maio de 2007, 0h01

Comentários de leitores

4 comentários

Respeito seus argumentos Eduardo, mas refiro-me...

Armando do Prado (Professor)

Respeito seus argumentos Eduardo, mas refiro-me aos fariseus e hipócritas, como os que vomitam usando apelidos aqui no Conjur, que cobram segurança, vingança, prisão perpétua, pena de morte, mas são os primeiros que "querem levar vantagem em tudo", sonegando impostos, dando jeitinho no IR, trafegando por vias exclusivas de ônibus, avançando sinais, levando "lembranças" de hotéis e restaurantes, colando em provas nas escolas, cometendo furtos de gravatas, etc, etc. Conhece alguns assim? Pois é. São da classe média, inclusive alta e querem o que citei no início. Agora, convide esses sujeitos a ajudarem na educação, saúde, trabalho, etc, e verá que fogem para dentro de suas fortalezas, covardes que são. A sociedade predadora de consumo "vende" os valores do consumismo desenfreado, dando como diferencial o "ter", e depois não sabem o porquê o garoto mata para ter uma máquina digital, um carro, uma bola, etc. Simples assim mesmo.

O tio e suas pérolas. É verdade, a culpa é da ...

Zack (Outro)

O tio e suas pérolas. É verdade, a culpa é da falecida. Quem mandou ter a câmera digital? Quanta imbecilidade junta. Eduardo, não perca seu tempo querendo argumentar.

Armando, 1) Eu achava isto, de matar e tal. M...

ERocha (Publicitário)

Armando, 1) Eu achava isto, de matar e tal. Mas hoje tenho outra visão. Hoje acho que ser mantido preso a vida toda ao invés de presentea-lo com a morte. 2) Concordo que deva ser investido em saúde, escola, trabalho e etc... Mas isto não é motivo ou mesmo explicação para roubar e matar. Quer exemplo? Nas favelas existem muitos pobres e miseráveis e não são assaltantes. 3) O que leva o menor (ou qualquer um) a querer a máquina ou qualquer coisa que não lhe perteça e fazer isto na marra (assalto, furto...) não faz a menor diferença. O criminoso deve ser preso e ponto final. Se tivesse roubando comida, poderia até explicar a necessidade e tal e ao invés de ser preso poderiam lhe dar uma pena alternativa. Mas não é o caso. Ele não poderia comer uma máquina fotográfica. Então é prisão mesmo e sem dó. 4) Porque poucos podem ter algo, não torna o ato do roubo menos criminoso como você da a entender. 5) Levanto as 5.30 para ir trabalhar, vou a faculdade a noite e chego as 23.00h. Isto me torna ganancioso?? Querer, através de um trabalho honesto, ter mais e mais me torna ganancioso??Este menor pode até querer se explicar dizendo que não teve oportunidade, mas tem algumas escolas públicas no Rio (e acredito que no país inteiro) que estão fechando por falta de aluno. Sim, isto mesmo... NÃO tem aluno. A falta de oportunidade não é exclusividade dele e mesmo que fosse não chegaria nem a explicar, quanto mais justificar o que fez. Na favela existem milhares de pessoas com pouca ou sem nenhuma oportunidade e nem por isto sairam roubando. A única coisa que explica este ato atroz é a falta de punição mesmo. De começar a fazer como nos EUA onde as prisões são para tirar de circulação vagabundos como estes e não para ressocializar como é no Brasil.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 01/06/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.