Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Repúdio público

Alunos da USP fazem ato contra redução da maioridade penal

Estudantes de direito da Universidade de São Paulo (USP) organizam, na próxima segunda-feira (14/5), ato contra a redução da maioridade penal. O projeto foi aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça, do Senado, em 16 de abril. Do evento, sairá abaixo-assinado e DVD a ser enviado a Brasília.

Participam do ato o vice-presidente do IBCCRIM (Instituto Brasileiro de Ciências Criminais), Sérgio Mazina Martins, o ex-ministro da Justiça José Carlos Dias, o senador Eduardo Suplicy (PT) e os deputados José Eduardo Cardozo (PT), Ivan Valente (PSOL) e Manuela D' Ávila (PC do B).

Também assinarão o documento o secretário especial de Direitos Humanos, Paulo Vannuchi, além dos professores da faculdade de direito da USP, Dalmo Dallari e Sérgio Salomão Shecaira. O presidente da OAB paulista, Luiz Flavio D'Urso, Marcelo Semer da Associação de Juízes para Democracia e Carlos Eduardo Souza, da Pastoral da Juventude, também confirmaram presença na manifestação.

O evento vai acontecer na tribuna livre da faculdade de direito, no Largo São Francisco, centro de São Paulo.

Revista Consultor Jurídico, 10 de maio de 2007, 16h56

Comentários de leitores

7 comentários

Desculpem. "Parar" e não "para".

Richard Smith (Consultor)

Desculpem. "Parar" e não "para".

Ô Nanda: Então deveriamos para de PUNIR ba...

Richard Smith (Consultor)

Ô Nanda: Então deveriamos para de PUNIR bandidos, não adianta nada! Não é?

Daqui a pouco vão querer reduzir pra 10 anos a ...

Nanda (Estudante de Direito - Ambiental)

Daqui a pouco vão querer reduzir pra 10 anos a menoridade penal, e nada vai adiantar. Se nem cuidam direito dos presos maiores de 18, diminuir só vai lotar mais ainda as cadeias. Tem que se resolver o problema pelo começo e não pelo final.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 18/05/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.