Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

País laico

Visita do Papa faz TJ paulista suspender expediente

Por 

O Tribunal de Justiça de São Paulo suspendeu o expediente do Judiciário paulista na capital a partir das 15h da quinta-feira (10/5) e na sexta-feira (11/5) por conta da visita do papa Bento XVI. A ordem é do Conselho Superior da Magistratura e deverá ser publicada na edição desta quarta-feira (9/5) do Diário Oficial.

A suspensão também atinge os trabalhos judiciais na cidade de Guaratinguetá, na sexta-feira. O provimento também interrompe os prazos processuais do Judiciário estadual na capital paulista.

Na quinta-feira haverá expediente normal até às 15 horas. Segundo o Tribunal de Justiça, a medida, extensiva à comarca de Guaratinguetá na sexta, atende a questões operacionais de transporte e locomoção dos servidores nestes dois dias, devido ao aparato de segurança da visita de Bento XVI ao Estado.

Na sexta-feira haverá plantão judiciário na capital, como acontece quando não há expediente.

 é repórter da revista Consultor Jurídico

Revista Consultor Jurídico, 9 de maio de 2007, 0h01

Comentários de leitores

25 comentários

Este país é ridículo!

José Carlos Portella Jr (Advogado Autônomo - Criminal)

Este país é ridículo!

Realmente...é este ou não um país laico? A se j...

amigo de Voltaire (Advogado Autônomo - Civil)

Realmente...é este ou não um país laico? A se julgar pelos comentários dos funcionários públicos envolvidos concluímos que na verdade este é um país largado..... E viva o Estado gigante... Viva os nossos impostos dedicados a pagar o funcionário dos preguiçosos .... Este é o país do salve-se quem puder, e saí da frente se não eu passo por cima....

A questão de sempre é a institucionalização de ...

Adams (Industrial)

A questão de sempre é a institucionalização de duas classes de trabalhadores: os que trabalham no serviço público e os que trabalham na iniciativa privada. Uma vez que não foi decretado feriado, quais os argumentos usados para conceder mais essa "bondade" (se é que eles existem).

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 17/05/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.