Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Vitória dos detentos

Suprema Corte dos EUA vai rever caso de presos de Guantánamo

Por 

Em uma decisão inesperada, a Suprema Corte dos Estados Unidos rejeitou, nesta sexta-feira (29/6), os argumentos da administração George W. Bush e decidiu rever o caso dos presos de Guantánamo. Agora, os juízes da mais alta corte querem decidir se os presos da Base Naval de Guantánamo podem fazer uso de cortes civis para colocar fim às suas prisões por tempo indeterminado. As informações são do The New York Times on line.

“Trata-se de uma vitória sem precedentes para os presos da base”, avalia Eric Freedman, professor de direito constitucional da Faculdade Hostra de Direito e consultor jurídico dos detentos.

A prisão da base naval de Guantánamo foi criada em 11 de janeiro de 2002. Para lá, foram enviados os prisioneiros capturados pelas forças dos Estados Unidos que invadiram o Afeganistão logo após os atentados contra as torres gêmeas de Nova York, em 11 de setembro de 2001.

Outros suspeitos de terrorismo também foram enviados para a prisão. Desde sua inauguração, já passaram pela ilha 775 prisioneiros, classificados como "inimigos combatentes", sem acusação, processo ou julgamento. Entre os presos, 17 eram menores de 18 anos. Hoje, há presos de 35 países diferentes, mas nenhum americano. Atualmente, há na base 14 presos acusados de serem "inimigos de combate”.

 é repórter especial da revista Consultor Jurídico

Revista Consultor Jurídico, 29 de junho de 2007, 17h58

Comentários de leitores

3 comentários

Depois de Guantánamo ficam perdoados os Nazista...

Habib Tamer Badião (Professor Universitário)

Depois de Guantánamo ficam perdoados os Nazistas e outros assassinos da história da civilização...Ou não?

O maior terrorismo que se pode fazer em qualque...

Ramiro. (Advogado Autônomo)

O maior terrorismo que se pode fazer em qualquer lugar deste planeta é detonar o Estado Democrático de Direito onde ele existe, e foi construído em cima de sangue e lutas. Se fosse na Bolívia de Evo Morales ou na Venezuela de Hugo Chaves a Suprema Corte já estaria detonada. Pode não se gostar dos EUA, mas lá ninguém achincalha a Suprema Corte.

O maior terrorista dessa época é um anencéfalo ...

Armando do Prado (Professor)

O maior terrorista dessa época é um anencéfalo que atende por Bush, o jr.

Comentários encerrados em 07/07/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.