Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Caminho para deportação

Decretada prisão de chileno em situação irregular no Brasil

Para garantir a deportação de um chileno por entrar clandestinamente no Brasil, a Justiça Federal de Santa Catarina decretou sua prisão administrativa, por 60 dias. Segundo o juiz federal substituto Rafael Selau Carmona, a medida serve para garantir o processo de deportação devido à condição de clandestino do estrangeiro. “Não se cuida, ainda, de decretação de prisão para garantia de futura extradição, mas de garantia da provável deportação decorrente da clandestinidade”, explicou.

Conforme a declaração de Rafael Humberto Maureira Trujillo, natural do Chile, à Polícia Federal, ele entrou no país usando um documento em nome de uma terceira pessoa.

O juiz atendeu uma representação da autoridade policial. Nela, a PF informa que Trujillo é considerado fugitivo da Justiça do Chile. Ele foi condenado a 20 anos de prisão. Arquivos da Interpol demonstram a existência de um mandado de prisão da Justiça chilena contra Trujillo.

Revista Consultor Jurídico, 22 de junho de 2007, 16h42

Comentários de leitores

1 comentário

É preciso que se diga situação CRIMINOSA! Deve...

futuka (Consultor)

É preciso que se diga situação CRIMINOSA! Deveria antes de ser deportado "ver o sol quadrado" em alguma prisão brasileira local (de preferencia uma cela 2x2 com uns 25 presos)por um período de tempo. Assim o "moço" levaria a informação para OUTROS MAUS, claro mal intencionados tal qual prevê a Lei para criminosos comuns, ser chileno não dá ao criminoso,"ilegal" e mau intencionado nenhum "charme" para ser expulso imediatamente sem penalização.

Comentários encerrados em 30/06/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.