Consultor Jurídico

Comentários de leitores

11 comentários

o MP se acha acima da lei! Um dia a casa vai ca...

Jorge (Advogado Autônomo)

o MP se acha acima da lei! Um dia a casa vai cair! Se não concordarmos com as suas denuncias somos perseguidos, massacrados. Desqualificam as pessoas com a maior facilidade. Acusam, montam provas, fazem de tudo para alcançar a condenação. Quando os Tribunais Superiores se manifestam contrariamente as suas pretensões, são criticados. A Veja dessa semana demonstrou isso de forma clara. Nem os ministros do STF são poupados. Q que fazer então de um magistrado de 1o. grau!!!!

E mais, tenho a dizer que a magistratura também...

Jorge (Advogado Autônomo)

E mais, tenho a dizer que a magistratura também perde, pois é uma classe que deveria, assim como a do MP, se unir em prol dessas situações, evitando situações de perseguições pessoais, como ocorre no caso desse magistrado. Ele está sendo denunciado pelo teor de suas decisões. Estão criminalizando tudo. Aonde vamos parar! É o fim da democracia. A ditadura está de volta. Parabéns CONJUR pelo espaço que confere a todos, sem distinção.

Parabens para o STJ que percebeu a perseguição ...

Jorge (Advogado Autônomo)

Parabens para o STJ que percebeu a perseguição que este magistrado vem passando aqui em Vitória. Ele por não ter se curvado ao MP está sendo humilhado de todas as formas. Nós da área jurídica que conhecemos a sua capacidade e inteligência ficamos indignados com o que está acontecendo. O MP passou dos limites e todos estão amedrontados e coagidos. Como o Dr. Macário é um juiz independente e corajoso está infelizmente na mira. Perdemos todos nós que precisamos de justiça. Aqui no Estado, poucos são os magistrados que concedem liminar contra a UNIÂO, a maioria está acovardada.

Será que o Procurador da República foi no gabin...

Flávio Márcio Lopes Pinheiro (Promotor de Justiça de 1ª. Instância)

Será que o Procurador da República foi no gabinete do Juiz e pediu para ele conduzir a ação penal??? Óbvio que não cara-pálida. O site, mais uma vez, demonstra a sua aversão em relação ao MP, seguindo a lógica gilmariana, ilustre ministro do STF. Seria ótimo se o CONJUR, ao invés de relatar amadoramente a notícia, explicasse as condições em que ação penal foi aforada, noticiando, por exemplo, se foi distribuída por prevenção. Silenciando-se convenientemente quanto a este ponto, o site perde ainda mais credibilidade.

retificando, o MPF parece embebido do espírito ...

Ramiro. (Advogado Autônomo - Criminal)

retificando, o MPF parece embebido do espírito de querer se o "Bedel do Judiciário".

Avante MPF, mais uma no rol de suas ações pen...

Ramiro. (Advogado Autônomo - Criminal)

Avante MPF, mais uma no rol de suas ações penais trancadas por inépcia nos Tribunais Superiores. E ainda assim continua na insana busca de ser o "bedelo do Poder Judiciário", quando a decisão que obriga as partes é do Judiciário, e os Tribunais Superiores não abrirão nunca mão do direito constitucional de falar, e mesmo errar, por último, em última palavra. Fato, "roma locuta , causa finita est !"

Que trapalhada! Nem os três trapalhões...

Armando do Prado (Professor)

Que trapalhada! Nem os três trapalhões...

Edusco, a matéria fala unicamente em "envolvime...

olhovivo (Outros)

Edusco, a matéria fala unicamente em "envolvimento". Vc fala em "diversos crimes próprios de autoridade judicante". A vagueza continua. Gostaria que esclarecesse melhor "quais são esses diversos crimes". Assim poderia ser mais fácil concordar com vc, paladino contra a impunidade.

O Brasil é um grande país e um país grande, mas...

 (Advogado Autônomo - Civil)

O Brasil é um grande país e um país grande, mas não pode mais conviver, a bem ver desse povo maravilhoso, o brasileiro, com certas cretinices de qualquer monta e de quem quer que seja. Estamos vendo, agora mesmo, uma grande canalhice no Congresso Nacional. Os amiguinhos querendo ajudar o crápula maior. Um fica doente e o outro por não poder ajudar renuncia. Essa "velheira" que vem se locupletando com as tetas da viúva e insiste em alí ficar indefinidamente devia morrer. Mas, isso só o nosso Pai, lá do céu, pode fazê-lo sem culpa ou dolo. Rezemos para Ele!!!

"Envolvimento" agora é sinônimo de inépcia ? IN...

Edusco (Advogado Autônomo - Civil)

"Envolvimento" agora é sinônimo de inépcia ? INÉPCIA mesmo é quando o corporativismo judicante acoberta um dos "jogadores do time" com base em interpretações esdrúxulas. Só para lembrar, não é preciso certeza matemática para denunciar, nem para condenar. A única certeza matemática que temos é que (cf. O GLOBO, desta semana) o STF nunca condenou uma autoridade... Isto é que é matemática certeira, a da certeza da impunidade. O juiz de Vitória foi peitar seu acusador, mas se estrepou todo. Agora não é mais vítima, é acusado, não de empurrar alguém na fila do banco; mas de diversos crimes próprios de autoridade judicante. STJ, fica de olhovivo nele !!!

"O MPF queria comprovar que o juiz tinha envolv...

olhovivo (Outros)

"O MPF queria comprovar que o juiz tinha envolvimento com Carlos Gratz". Envolvimento de que natureza? Era amigo, parente? Esse termo "envolvimento" é de uma vagueza ilimitada e cheira inépcia.

Comentar

Comentários encerrados em 29/06/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.