Consultor Jurídico

Comentários de leitores

103 comentários

Isso demonstra o quanto o Judiciário está preci...

OTHONI (Oficial de Justiça)

Isso demonstra o quanto o Judiciário está precisando de mudanças. Um sujeito desses deveria ser interditado, expulso do judiciário para o bem do serviço público judiciário. Isso é que dá não saber o que é ser trabalhador, ser povo, ser gente. Abusurdo, ilegal e imoral. AÇÃO DE INDENIZAÇÃO POR DANOS MATERIAIS E MORAIS.

Só mesmo essa gangue de fascistas que são a ime...

paulo (Advogado da União)

Só mesmo essa gangue de fascistas que são a imensa maioria dos juizes do trabalho poderiam ter atitude semelhante. A dignidade da justiça no Brasil se mede pela condição de vida da população que calça chinelos. Esse panaca togado deveria ser expulso da magistratura.

Com todo respeito ,porém o que fere a dignidade...

Neli (Procurador do Município)

Com todo respeito ,porém o que fere a dignidade da Justiça,são: as vendas de sentenças,a demora para despachar,a demora para sentenciar,o menoscabo do magistrado às partes.O que fere a dignidade da justiça é a arrogância dos magistrados nos tratos com as partes. Uma mera sandália ,de tiras(?),calçada por uma pessoa humilde ou não,jamais vai ferir a dignidade da justiça. A dignidade de uma pessoa,douto magistrado,não está nos trajes,a dignidade da pessoa é tratar todo ser humano de forma igual seja ele um ministro de Tribunal Superior ou um mero reclamante. Ao reclamante que teve a audiência adiada meus respeitos,ao magistrado minha tristeza. Pena que não advogo nessa cidade: iria despachar calçando uma de minhas vinte sandálias de tiras...

A atitude do juiz denota uma pessoa que se esqu...

Carlos B (Assessor Técnico)

A atitude do juiz denota uma pessoa que se esqueceu, por completo, das razões de sua existência, enquanto órgão estatal. Como pessoa, demonstra a que ponto chega a arrogância de um ser que se acha acima dos demais. Lamentável, mas, felizmente não traduz um comportamento majoritário.

Juiz Bento, incompatível com a dignidade da Jus...

não tem (Estudante de Direito)

Juiz Bento, incompatível com a dignidade da Justiça é o que seu colega Dória fez, conforme a Operação Navalha, oferecendo propina para receber, por viés, recursos públicos. Quem paga seu salário - que é grandioso - é aquele humilde e pobre Reclamante... Agindo assim, você não vai chegar a lugar nenhum. Respeite os pobres. Airton Franco - aposentado.

Esse juíz, além de preconceituoso , é desumano....

Ornella (Prestador de Serviço)

Esse juíz, além de preconceituoso , é desumano. Será que ele não parou pra pensar que , por algum motivo, o trabalhador estava com o calçado "inadequado" para comparecer a audiência? Pela falta de respeito com que este trabalhador foi tratado, não me admira que ele seja culpado por ter reivindicado os seus direitos. Deveriam colocar um aviso informando qual o traje e calçado "adequado" a ser usado nas audiências.

E o CNJ vai permanecer inerte?????

Armando do Prado (Professor)

E o CNJ vai permanecer inerte?????

Vamos repetir o nome do juiz que entende ser in...

Armando do Prado (Professor)

Vamos repetir o nome do juiz que entende ser indigno um trabalhador usar chinelo de dedos: juiz Bento Luiz de Azambuja Moreira juiz Bento Luiz de Azambuja Moreira juiz Bento Luiz de Azambuja Moreira juiz Bento Luiz de Azambuja Moreira juiz Bento Luiz de Azambuja Moreira juiz Bento Luiz de Azambuja Moreira juiz Bento Luiz de Azambuja Moreira juiz Bento Luiz de Azambuja Moreira juiz Bento Luiz de Azambuja Moreira juiz Bento Luiz de Azambuja Moreira JUIZ??????

PARABÉNS AO DIGNISSÍMO presidente da Amatra da ...

Manente (Advogado Autônomo)

PARABÉNS AO DIGNISSÍMO presidente da Amatra da 9ª Região (Associação dos Magistrados do Trabalho), José Mário Kohler. Agora, vou deixar no ar, uma perguntinha que não me deixa calar: O que acontecerá com este magistrado dotado de preconceito? AINDA DIZEM, QUE A JUSTIÇA DO TRABALHO ESTA SEMPRE AO LADO DO EMPREGADO. JÁ IMAGINARAM SE ESTIVESSEM AO LADO DO EMPREGADOR? Ass: Cidadão indignado e envergonhado

Que dignidade?! Isso é o fim do mundo!

César127 (Promotor de Justiça de 1ª. Instância)

Que dignidade?! Isso é o fim do mundo!

o funcionário público em questão deveria imagin...

jorge paulo (Bacharel - Ambiental)

o funcionário público em questão deveria imaginar que a remuneração da maioria dos brasileiros nem de perto é a dele, e que para que este reclamante pudesse estar trajado "compatívelmente com a dignidade do Poder Judiciário" talvez tivesse que privar a subsistência dos seus...

Duvido de o dó, se fosse um MEGA EMPRESÁRIO ou ...

Manente (Advogado Autônomo)

Duvido de o dó, se fosse um MEGA EMPRESÁRIO ou de alguma pessoa de influência, se o tratamento seria o mesmo. Pena que algumas pessoas se comportam desta forma do Poder Judiciário.

Justamente desse povo sofrido, curvado sob si m...

Radar (Bacharel)

Justamente desse povo sofrido, curvado sob si mesmo, clamando por uma justiça que nunca chega, é que brotam os estipêndios que sustentam essa estrutura arcaica e madorrenta chamada Poder Judiciário. Neste,lamentavelmente, proliferam juízes insensíveis e anacrônicos, que ignoram a dimensão humana das lides, vendo nelas apenas papéis e números. Assim, não se constrangem em discriminar um pobre, adiando sua resposta judicial. Inspiram mais respeito e consideração as pessoas humildes, do povo, com suas vestes rotas e suas chinelas gastas, do que certos engravatados, com seus sapatos importados, que grassam nas audiências, mas cuja fonte nem sempre é o labor honesto e digno. Se ao juiz falta educação (lato sensu), é de se esperar que possua ao menos senso de humanidade.

Ora, qual seria o procedimento a ser adotado, q...

Manente (Advogado Autônomo)

Ora, qual seria o procedimento a ser adotado, quando o advogado ou as partes depararem com o magistrado sem a toga ou o paletó? Quanta ARROGÂNCIA E PREPOTÊNCIA neste meu BRASIL. Pior, este cidadão que utilizava de chinelos, paga através de suas contribuições (impostos) os salários deste magistrado.

A decisão, absurda e inconstitucional, faz lemb...

Luiz Fernando T de Siqueira (Advogado Autônomo - Civil)

A decisão, absurda e inconstitucional, faz lembrar Albert Einstein: "Existem apenas duas coisas infinitas: o Universo e a estupidez humana. E não tenho tanta certeza quanto ao Universo".

Meu Deus! Causou-me profunda obstupef...

ze carlos (Bancário)

Meu Deus! Causou-me profunda obstupefação essa demonstração irretorquível de arrogância. A humildade e a simplicidade também são qualidades qie devem ornamentar a personalidade de im magistrado. Onde está escrito que o autor de uma ação deve obrigatoriamente usar sapato para comparecer a uma audiência da Justiça do Trabalho? Se não há lei no sentido "stricto sensu" disciplinando a matéria, é vedado ao magistrado prejudicar um pobre autor que busca a tutela jurisdicional para fazer lesão a seu direito. E se o pobre autor não tiver recursos para comprar um par de sapato para comparecer à audiência, vai ter o seu direito constitucional de recorrer ao Poder Judiciário prejudicado? É profundamente lamentável o que ocorreu nessa Vara do Trabalho. Que me livre de nunca passar nem frente desse Fórum. Na minha visão, há assuntos mais importantes para que demandar a atenção de um magistrado. Uma delas é imprimir celeridade na prestação da tetula jurisdicional. O Jornal Nacional deveria veicular esse ato discriminatório à dignidade humana para que todo o País tomasse conhecimento. A dignidade humana é um dos fundamentos da Carta Política e nesse ato praticado pelo magistrado foi solenemente solapada. Que País é este. Onde estamos? Não basta a corrupção que já o assola? Zé Carlos

Comentei a notícia com um psiquiatra amigo meu,...

Winston (Advogado Autônomo)

Comentei a notícia com um psiquiatra amigo meu, que deu o diagnóstico: juizite crônica, causada por uso indiscriminado de sapatos de cromo alemão.

Será que esse "Digníssimo Magistrado", do alto ...

Winston (Advogado Autônomo)

Será que esse "Digníssimo Magistrado", do alto de seu pedestal, ao menos perguntou ao cidadão se ele possui algum outro calçado além dos chinelos?

Realmente o chinelo é incompátivel com a "digni...

Wilson (Funcionário público)

Realmente o chinelo é incompátivel com a "dignidade" do podre poder judiciário! O que mais combinaria seriam botas sujas de lama, carniça e fezes, já que esse poderzinho está mergulhado num mundo de sujeira, podridão, falcatrua, autoritarismo e arrogância. Esse juizeco deveria ser demitido, algemado e preso, pois ele sim é um atentado à dignidade humana! E garanto a vocês, como ele existem muito por aí!

A arrogância e a falta de respeito do magistrad...

A.G. Moreira (Consultor)

A arrogância e a falta de respeito do magistrado, para com o cidadão, MERECE PUNIÇÃO, exemplar ! ! !

Comentar

Comentários encerrados em 29/06/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.