Consultor Jurídico

Notícias

Resgate cultural

Escolas devem incluir na grade curricular História da Cultura Afro

Comentários de leitores

8 comentários

Enquanto a carga educacional não consegue expli...

Bira (Industrial)

Enquanto a carga educacional não consegue explicar a lingua pátria e conceitos básicos de matemática, inchamos a mesma com bobagens de cunho ideológico eleitoral. Seria mais produtivo, conceitos de planejamento familiar.

Anteção: se vc é homem, branco, com instrução s...

Rodrigo Moura Soares (Advogado Associado a Escritório - Civil)

Anteção: se vc é homem, branco, com instrução superior, vc hoje é a minoria que sofre com o preconceito de todos os demais integrantes da sociedade. Vc será vigiado, critiado e até punico, simplesmente, porque é home, branco e com instrução superior. Esse é o Brasil do Goerno Lula.

Isto é fruto de racismo! Que cultura tem aquela...

allmirante (Advogado Autônomo)

Isto é fruto de racismo! Que cultura tem aquela gente? Que tal endereçarmos o pensamento para os povos desenvolvidos, em vez de ficar com essas evidentes tentativas de manter ou aumentar a presença daquela raça? Isso é racismo!!!

Que tal começar a garantir a cidadania plena ex...

omartini (Outros - Civil)

Que tal começar a garantir a cidadania plena extirpando o analfabetismo funcional gerado em nossa rede de ensino? O cunho demagógico da norma legal é mais saliente quando ignora a libertária cultura tapuia e sua influência na política nacional.

Quá, quá, quá, quá! Vai ser um tanto difíc...

Richard Smith (Consultor)

Quá, quá, quá, quá! Vai ser um tanto difícil compor a grade dessa matéria, imagino. Fico tentando imaginar o Voltaire de Angola, o Pascal bantu, o Einstein congolês. Senão, o Gerschwin ou o Cole Porter tutsi ou o Machado de Assis quimbundo, já bastariam (não, não esqueço de que um dos maiores autores DO MUNDO e da História, era mulato, não). Arre, por quê não vão tomar banho na soda?!

Eu sou de origem portuguesa e me sinto "DISCRIM...

A.G. Moreira (Consultor)

Eu sou de origem portuguesa e me sinto "DISCRIMINADO" : 1 - Não tem a mesma obrigatoriedade ( que a afro) ; 2 - Os historiadores e escritores, só falam mal dos portugueses, chamando-os de "ladrões do ouro do Brasil" ; 3 - Nunca foi exaltada toda a civilização, cultura, idioma, hábitos, costumes, Igrejas, Monumentos, estradas, urbanização, Artes, etc.; 4 - O que trouxeram ou construiram, os africanos, os espanhóis, os italianos, os americanos, os ingleses, etc., para e no Brasil ???

Estudar o quê? "que os chefes tribais negros fa...

Roland Freisler (Advogado Autônomo)

Estudar o quê? "que os chefes tribais negros facilitavam a tarefa dos negreiros, vendendo escravos de outras tribos? Vendiam e continuam vendendo até hoje, em pleno século XXI. Na Mauritânia, Sudão e Gana, no Benin, Burkina Fasso, Mali e Niger, a escravidão ainda persiste como nos tempos dos navios negreiros. Ano passado, a GNT mostrava brancos europeus comprando escravos no Sudão. Não que fossem negreiros. Eram representantes de Ongs européias, que compravam negros para libertá-los. O propósito pode ser nobre. Mas toda procura gera oferta e os dólares dos ongueiros só serviram para estimular o tráfico de escravos. Esta é a história da África " (Janer Cristaldo). Estudar que Zumbi e Chica da Silva também tinham escravos negros? ou quem sabe estudar a biografia de grandes líderes africanos como Idi Amin Dada e Bokassa?.

Parabens pela iniciativa, a herança cultural é ...

Fernando Rizzolo (Advogado Autônomo)

Parabens pela iniciativa, a herança cultural é algo que deve ser preservado, o negro no Brasil precisa resgatar sua auto estima, suas raízes, essa matéria História e Cultura Afro-brasileira , deveria ser obrigatória em todas as escolas do território nacional Blog do Rizzolo http://rizzolot.wordpress.com

Comentar

Comentários encerrados em 25/06/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.