Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Jeitinho italiano

Senador italiano que usou ambulância como táxi é processado

A Justiça italiana abriu investigação por fraude contra o senador de direita Gustavo Selva, de 80 anos, por ter usado uma ambulância como táxi. A informação é da Agência France-Press.

Ele fingiu que estava doente para ser levado com rapidez ao estúdio de um programa de televisão do canal La7, onde participaria de um debate. O senador pôde atravessar o centro histórico de Roma, que estava interditado por causa da visita do presidente americano, George W. Bush, e por duas manifestações contra a visita.

“Me sinto mal, me levem ao cardiologista”, pediu o senador, que indicou então o endereço do canal de TV. A farsa foi revelada pelo próprio Selva no estúdio de gravação: “contei uma mentira, um truque de jornalista para chegar aqui”, jactou-se.

Nesta segunda-feira (11/6), Selva renunciou do cargo de senador. Conhecido como “Selva, la belva” (Selva, a besta), ele já trabalhou como jornalista, dirigindo de 1975 a 1981 os noticiários radiofônicos da emissora pública Rai Due, através dos quais divulgava editoriais anticomunistas.

A mentira do senador provocou reações indignadas dos partidos de esquerda e de direita. Lá, como aqui, a classe política passa por um momento delicado e é alvo de críticas pelos privilégios que recebe.

Revista Consultor Jurídico, 13 de junho de 2007, 20h09

Comentários de leitores

3 comentários

Mesmo na Itália, país que deu a máfia ao mundo,...

J.Henrique (Funcionário público)

Mesmo na Itália, país que deu a máfia ao mundo, as coisas mudam: o político renunciou. Aqui o senador cafeteira, que é o relator do processo contra Renan Calheiros, disse que não vai chamar a jornalista concubina para depor por que não quer saber de fofoca.

o PCSILVA só esqueceu de acrescentar que a culp...

Helena Fausta (Bacharel - Civil)

o PCSILVA só esqueceu de acrescentar que a culpa é da imprensa que espalha calúnia dos coitadinhos...

SE FOSSE AQUI NO BRASIL, ELE SERIA AINDA REEMBO...

PCSILVA (Contabilista)

SE FOSSE AQUI NO BRASIL, ELE SERIA AINDA REEMBOLSADO DAS DESPESAS, ATRAVÉS DA VERBA DE INDENIZAÇÃO.

Comentários encerrados em 21/06/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.