Consultor Jurídico

Comentários de leitores

4 comentários

Prezado Dr. Alexandre Cadeu Bernardes Seu c...

Kallas (Professor)

Prezado Dr. Alexandre Cadeu Bernardes Seu comentário é muito pertinente. Talvez pela complexidade do assunto não tenha ficado claro que o verdadeiro marketing em seu núcleo principal, está fortemente ligado a correta interpretação da lei, inclusive do código de ética. Essa é parte do marketing chamado estratégico que visa desenhar o produto necessário para o cliente. Ao mesmo tempo ele tambem visa pesquisar a necessidade do cliente. O terceiro passo é a construção de uma solução que atenda a um determinado cliente. Sem uma formação primorosa e uma vivência prolongada, esse passo não existe, dando espaço para a existência de um marketing enganoso. Creio ainda que sem esse passo, todos os demais perdem sua consistência, mesmo que favoreçam uma propaganda enganosa sobre o advogado. Este é o núcleo do marketing e de um produto e serviço. Artimanhas para substituí-lo são evidentemente antiéticas. Essa é a razão da necessidade de se compreender corretamente o que é marketing. Penso portanto que nosso ponto de vista encontra sintonia. Agradeço seus comentários e procurarei ser mais claro em outras oportunidades. Luiz Roberto Kallas

É pena que o Dr. Kallas não tenha na exegese o ...

Alexandre Cadeu Bernardes (Advogado Sócio de Escritório)

É pena que o Dr. Kallas não tenha na exegese o seu ponto de apoio, pois, somente com boa interpretação da legislação (aqui incluído o Código de Ética da Advocacia) e do dever de cumprí-la é que poderia ver triunfar a sua tese de marketing jurídico. Lamentável ainda é que nos dias de hoje alguns profissionais não advogados insistam em promover a captação de clientela para alguns advogados que não tiveram tempo de acurar os estudos da história da advocacia e da dignidade da profissão, esquecendo-se que que a maior propaganda do advogado é a sua conduta, curiosamente orientada pelo Código de Ética. Portanto, se há leis que não refletem a vontade social (talvez como o CED da OAB), deve-se lutar para modificá-las - democraticamente -, mas não podemos é querer superá-las de forma alternativa na sua aplicação. Ética é acima de tudo respeito aos postulados do dever ser!

Ótimo artigo, penso no futuro caso o Exame da O...

Rodrigo P. Martins (Advogado Autônomo - Criminal)

Ótimo artigo, penso no futuro caso o Exame da Ordem saia de cena e ingressem 1,9 milhões de advogados. Não haverá network suficiente para manter a maioria dos escritórios, uma vez que sempre haverá um amigo que conhece um advogado ou é parente de um.

Belo artigo. Auguro, sinceramente, que...

Dijalma Lacerda (Advogado Sócio de Escritório - Civil)

Belo artigo. Auguro, sinceramente, que o Dr. Kallas escreva mais vezes. Da minha parte, repassei o seu artigo para o meu pessoal. Parabéns Dr. Kallas, e muito obrigado. Repita a dose, por favor, escreva mais. Obrigado, Dijalma Lacerda.

Comentar

Comentários encerrados em 17/06/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.