Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Perigo na demora

Espera por decisão sobre remédios não pode colocar vida em risco

O tempo para sair uma decisão de mérito sobre o fornecimento de medicamento não pode por em risco a vida do paciente. Com esse entendimento, o juiz da 5ª Vara da Fazenda Pública e Autarquias, Evandro Lopes da Costa Teixeira, concedeu liminar para determinar que o Estado de Minas Gerais forneça medicamento para uma paciente portadora de osteoporose.

A paciente alegou que é portadora de osteoporose e que não tem como pagar o remédio Actonel 35mg, que lhe foi indicado para tratamento da doença. Por isso, ajuizou Ação Ordinária contra o Estado, com pedido de tutela antecipada, para que consiga receber gratuitamente o medicamento.

O juiz concedeu a tutela antecipada. Ele levou em conta as provas presentes no processo, que realmente comprovaram ser a paciente portadora de osteoporose. Para o juiz, é urgente e necessário o medicamento pedido por ela. Ele se baseou também na Constituição, que garante a saúde como “direito de todos e dever do Estado”. Por fim, o julgador entendeu ser um risco para a vida da paciente aguardar a decisão final do mérito para determinar ao Estado o fornecimento ou não do medicamento.

Revista Consultor Jurídico, 1 de junho de 2007, 0h00

Comentários de leitores

3 comentários

Brabo mesmo é um estudante de direito que acha ...

Band (Médico)

Brabo mesmo é um estudante de direito que acha que sabe mais do que médico. Depois se forma, e sai por aí repetindo barbaridades destas!

Que médico, é esse (Band) que não consegue reco...

Gilson Tadeu de Lima (Estudante de Direito)

Que médico, é esse (Band) que não consegue reconher, o agravamento da doença sem á medicação, ou não há á necessidade do medicamento indicado.

Risco de vida por osteoporose é novidade! Só me...

Band (Médico)

Risco de vida por osteoporose é novidade! Só mesmo quem não conhece medicina para dar uma decisão destas!

Comentários encerrados em 09/06/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.