Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Pedido de investigação

OAB da Paraíba pede para Ministério Público apurar tortura em presos

A OAB da Paraíba informou que vai encaminhar relatório ao Ministério Público estadual denunciando a prática de violência e tortura no estado praticada por policiais contra presidiários e pessoas detidas para investigação.

Segundo a OAB, constam no relatório cerca de 15 denúncias registradas em vários municípios do estado, a exemplo de João Pessoa, Campina Grande, Guarabira e Patos. O processo de investigação deverá ganhar um reforço com a reinstalação do Comitê anti-tortura da Paraíba.

Revista Consultor Jurídico, 29 de julho de 2007, 10h44

Comentários de leitores

2 comentários

Mas a OAB não é contra a investigação pelo MP? ...

MUDABRASIL (Outros)

Mas a OAB não é contra a investigação pelo MP? Não é a Ordem que quer conferir o monopólio da investigação às polícias? Este é o caso típico a comprovar que este monopólio é indesejável.

Ora pois, por que a OAB não faz representação d...

Ramiro. (Advogado Autônomo)

Ora pois, por que a OAB não faz representação diretamente a CIDH-OEA? http://www.cidh.org/Basicos/Portugues/i.Tortura.htm http://www.cidh.org/Basicos/Portugues/c.Convencao_Americana.htm Ou é medo de levar chumbo?

Comentários encerrados em 06/08/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.