Consultor Jurídico

Reivindicação conjunta

Advogado diz que acordo individual com TAM é lesivo às famílias

Retornar ao texto

Comentários de leitores

12 comentários

O professor Flávio Pansieri está coberto de raz...

Luís da Velosa (Bacharel)

O professor Flávio Pansieri está coberto de razões.É um perigo para um "negociante" sensibilizado, enfraquecido pelos reveses, cumulado de angústias, estar diante de um representante de partes contrárias, blindado, com todo um plano de ação pronto a ser deflagrado, tanquilo, sem experimentar o constrangimento de alí estar sem ter perdido (para sempre) um ente querido, enfim, sem maiores emoções que lhe turvem o bom discernimento. Nesse encontro solo, os vitimados pela violência da perda, não cantarão soltos.

Mais um advogado mercenário em busca de valores...

MFG (Engenheiro)

Mais um advogado mercenário em busca de valores. É ocorreu um acidente lamentável que já saem em busca das indenizações.

acOrdo!

Amigo da Justiça (Advogado Autônomo)

acOrdo!

SE AS PARTES ACORDAM, ONDE ESTÁ A "LESÃO" AOS ...

A.G. Moreira (Consultor)

SE AS PARTES ACORDAM, ONDE ESTÁ A "LESÃO" AOS DIREITOS ? ? ? Traduzindo em miúdos : "não façam acôrdo", que eu poderei "arrancar" mais da TAM !!!

E aos colegas que temem conciliação e outros in...

Lincoln (Advogado Autônomo - Tributária)

E aos colegas que temem conciliação e outros instrumentos, vai uma sugestão minha: que tal começar a cobrar honorários por hora ou produção? É, eu sei, é duro mudar uma cultura, mas começa em algum lugar... eu penso que já é hora. :)

Anunciado como presidente de uma associação de ...

Lincoln (Advogado Autônomo - Tributária)

Anunciado como presidente de uma associação de direito constitucional, o advogado faz digressões e incursa no direito civil, ainda que com uma nesga de referência à Constituição. A que título? Não é preciso explicar. Melhor seria a publicidade razoável e regular, com responsabilidade por excessos, do que tolerar a burla ao anacrônico Código de Ética da Advocacia. Esta é uma empresa como outra qualquer, e merece tratamento compatível com respeito à publicidade. A burla é intolerável e só abre espaço para todo tipo de prática detestável e desmoralizante. Não é à toa que nos 5 continentes a advocacia é jocosamente associada a criaturas vorazes. No mais, que impede as familias de entabularem acordos elas próprias? Para receber menos do que receberiam em juízo? O direito? A lei? Ora...

Concordo com o nobre colega Dr. Flávio. Entendo...

José Geraldo (Advogado Sócio de Escritório)

Concordo com o nobre colega Dr. Flávio. Entendo que a apuração jujdicial da responsabilidade da Companhia frente aos usuários é necessária. Não basta a simples alegação de que a morosidade contribui para a impunidade. Os parentes das vítimas devem agir ao contrário do que é sustentado por alguns magistrados, ou seja, buscar em juizo seus direitos.... A demora... a demora... Isso não deve mitigar as lesões aos direitos individuais das pessoas. Espero que no futuro não existam mais acordos extrajudiciais que só tendem à lesar a parte mais fraca, mas sim uma posição efetiva do Poder Judiciário que recebe bem para sua atividade típica.

CADÊ A OAB? ONDE ANDA A COMISSÃO DE ÉTICA E ...

Manente (Advogado Autônomo)

CADÊ A OAB? ONDE ANDA A COMISSÃO DE ÉTICA E DISCIPLINA? OU NÃO ESTA CARACTERIZADA CAPTAÇÃO DE CLIENTES? É BRINCADEIRA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Ao comentar uma outra matéria, escrevi: ...

Dijalma Lacerda (Advogado Sócio de Escritório - Civil)

Ao comentar uma outra matéria, escrevi: " Gente, me desculpe , mas o artigo acima é, indiscutivelmente, uma forma nada disfarçada de "mostrar a cara" do escritório, captação subliminar de clientela sim ! É igualzinho quando surge um assunto relativo, por exemplo, a cobrança indevida de um determinado imposto ou aumento indevido de alíquota. O que aparece de escritórios de advocacia organizando cursos, palestras, etc. etc. não é brincadeira. É evidente que o interesse desses escritórios é "vitrinal", isto é, tornar-se vitrines ! Caros colegas, a coisa já está "braba" em condições tidas como normais (e que na verdade não são), com ONGs advogando, com o Poder Judiciário nos espremendo com aparelhos conciliatórios que na verdade se constituem em verdadeiros atos de advocacia, com o famigerado convênio com a Defensoria Pública (antes era com a PGE),com um mundaréu de causas em que não se faz necessária a atuação da Advocacia, com os inventários e separações cartorários agora instituídos, com a aplicação indiscriminada da Lei 9099, com a LC 110, com ausência de honorários de sucumbência em mandados de segurança, com ausência de honorários de sucumbência nas ações derivadas de FGTS, com os JEs, cíveis e criminais, com as cestas básicas nas ações penais. Enfim... Há muitas coisas mais, tais com pessoas não inscritas na OAB advogando, gabinetes que são verdadeiros consultórios jurídicos, advocacia administrativa, deslealdade concorrencial, colegas que para se tornar simpáticos são amiúde nomeados para advogar de graça, etc. etc. etc. O que está faltando, na verdade, é fiscalização SÉRIA. " Dijalma Lacerda.

A PF nem terminou a perícia e os dados da caixa...

Luke Kage (Advogado Sócio de Escritório)

A PF nem terminou a perícia e os dados da caixa preta ainda não foram publicados e já tem gente julgando e condenando "os culpados" pelo acidente!

Ora, agora são inúmeros os responsáveis por esc...

Manente (Advogado Autônomo)

Ora, agora são inúmeros os responsáveis por escrever artigos sobre este assunto. É brincadeira!!!!!!!!!!!!!!!!!! Deixem os telefones, endereços e e-mails!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

A reportagem esqueceu de dar o telefone para co...

Renério (Advogado Sócio de Escritório)

A reportagem esqueceu de dar o telefone para contato. Abs.

Comentar

Comentários encerrados em 2/08/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.