Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Remédio do sono

Empresa irá pagar US$ 20 milhões para encerrar ações nos EUA

Por 

Uma companhia farmacêutica da Califórnia irá pagar US$ 20 milhões para encerrar uma ação civil e outra criminal. As ações foram baseadas no marketing feito sobre um produto criado para evitar a narcolepsia, doença caracterizada pela sonolência em excesso. As informações são do site Findlaw.

O medicamento Xyrem foi aprovado pelo Ministério da Saúde dos Estados Unidos, o Food and Drug Administration (FDA), para acabar com as desordens de sono. O Xyrem fazia a pessoa dormir profundamente à noite, o que acaba com a narcolepsia diurna. Assim, o remédio passou a ser vendido, em massa, para outras finalidades. Era colocado em bebidas, para adormecer pessoas. Logo, passou a ser chamado de “droga do estupro”.

A empresa Jazz Pharmaceuticals, da cidade de Palo Alto, fechou o acordo em nome de sua subsidiária, a Orphan Medical Inc. Seegundo a promotoria de Los Angeles, ela fazia apologia do uso da droga, não oficialmente, para a “conquista do par perfeito”.

 é repórter especial da revista Consultor Jurídico

Revista Consultor Jurídico, 24 de julho de 2007, 11h43

Comentários de leitores

1 comentário

Os prosélitos do "Boa noite, cinderela", devem ...

Luís da Velosa (Bacharel)

Os prosélitos do "Boa noite, cinderela", devem estar inconformados... O do estupro nem tanto, uma vez que a violência, "in casu", prescinde de investimentos.

Comentários encerrados em 01/08/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.