Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Julgamento centralizado

Aprovada a criação do Colégio Recursal de São Paulo

O Conselho Superior da Magistratura aprovou, na quinta-feira (11/7), a criação do Colégio Recursal de São Paulo, que centralizará o julgamento de todos os recursos apresentados no sistema de Juizados Especiais Cíveis e Criminais do Estado.

O Colégio Recursal, com previsão para entrar em operação em 90 dias no Fórum Central João Mendes Jr., no centro de São Paulo, terá seis turmas de julgamento. Cada uma delas será composta por três juízes designados exclusivamente para a função, sem acumulá-la com o trabalho nas varas.

A medida agilizará o julgamento dos recursos, com o fim dos processos em menos tempo. O Colégio substituirá os atuais 72 colégios recursais da capital e do interior. Em maio deste ano, eles receberam 5.064 recursos e julgaram 4.064. O Judiciário de São Paulo tem hoje 302 Juizados Especiais.

Revista Consultor Jurídico, 13 de julho de 2007, 15h18

Comentários de leitores

2 comentários

Como é possível se achar que esta será a melhor...

Marco Ferraz (Advogado Associado a Escritório)

Como é possível se achar que esta será a melhor solução para o Estado de S.Paulo. Se temos 72 Colégios Recursais, que admitamos que cada um deles tenha, digamos 7 (sete) juizes cada, teríamos um total de 504 (quinhentos e quatro) juizes analisando os recursos. Agora pelo iluminados do TJ de S.Paulo, teremos 18 (dezoito) juizes analisando o que anteriormente eram analisados por 504 !!! Isso sim é que é gerenciamento ... o resto é conversa mole !!!

Este colégio terá algum aluno?

allmirante (Advogado Autônomo)

Este colégio terá algum aluno?

Comentários encerrados em 21/07/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.