Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Alá é americano

Universidade dos EUA é acusada de violar liberdade de expressão

A Universidade Estadual de São Francisco, nos Estados Unidos, está sendo processada sob acusação de violar o direito de livre manifestação de seus estudantes. De acordo com a denúncia, a pedido da universidade, as autoridades passaram a investigar os estudantes, depois de exibirem bandeiras dos grupos extremistas palestino e árabe Hamas e Hezbollah, com a inscrição “Alá” num evento no campus. As informações são do site Findlaw.

A ONG Aliança Fundo de Defesa para Direitos Individuais na Educação ajuizou a ação numa corte federal em nome de um centro acadêmico chamado College Republicans. Segundo a ação, a universidade violou a 1ª Emenda à Constituição dos EUA, solicitar a investigação. A investigação se arrastaram por cinco meses.

“A Suprema Corte já determinou, há muito tempo, que a 1ª Emenda deve proteger atos até como queimar uma bandeira norte-americana num protesto político", disse Greg Lukianoff, presidente da ONG autora da ação.

Revista Consultor Jurídico, 10 de julho de 2007, 15h51

Comentários de leitores

1 comentário

O que é que estes "estudantes" estão fazendo lá...

FIP (Contabilista)

O que é que estes "estudantes" estão fazendo lá? Melhor é ir pra casa tomar chazinho com a mamãe ou pegar o bonde do atraso e partir pro Iraque. Já vão tarde.

Comentários encerrados em 18/07/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.