Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Pedaço da história

TJ paulista abre exposição sobre Revolução Constitucionalista

O Tribunal de Justiça de São Paulo abriu, na quarta-feira (4/7), a exposição temporária “75 anos da Revolução Constitucionalista de 32”, no Salão dos Passos Perdidos do Palácio da Justiça. A mostra conta com fotos e documentos da época.

O movimento armado, conhecido como “Guerra Paulista”, reuniu vários grupos dispostos a implantarem a democracia no Brasil, lutando pela instituição de um regime constitucional no país.

O Judiciário paulista esteve presente neste capítulo da História, com a participação de pracinhas que mais tarde se tornariam juízes. O evento estará aberto ao público, das 13h às 18h, até o dia 10 de agosto.

Revista Consultor Jurídico, 5 de julho de 2007, 11h32

Comentários de leitores

6 comentários

Obrigado, amigo Allmirante e um abração a você.

Richard Smith (Consultor)

Obrigado, amigo Allmirante e um abração a você.

Caro PeTralha fujão, borra-cuecas, mistificad...

Richard Smith (Consultor)

Caro PeTralha fujão, borra-cuecas, mistificador, anti-clerical, mentiroso, abortista e CALOTEIRO: A "PF" não haveria de ter interesse na minha humilde pessoa, porquê não sou dono da Lunus, não tenho ranário, não crio gado, não recebo mensalão, não tenho TV arrendada a leite de pato e nem comungo com as safadezas dos CANALHAS que nos (des)governam e a quem você baba no saco. Eu sei que é pedir muito a uma pessoa desclassificada como você, PeTralha, mas tenha respeito pela memória dos jovens que tombaram no campo de batalha (heróis de verdade, lisos, honestos, e não como o CANALHA, TRAIDOR, DESERTOR E ASSASSINO do lamarca!) e que sem o seu sacrifício não teria havido a Constituição de 1934! Disse e repito: tenho pena dos seus alunos, se é que você os tem, "fessô" PeTralha e CALOTEIRO. Quanto ao Reinaldo Azevedo, Olavo de Carvalho, Mainardi, etc. transmitirei as suas lembranças, embora eu acredite que eles bem a dispensem. Passar bem.

Embora gaúcho, aliás sulriograndense, porque ga...

allmirante (Advogado Autônomo)

Embora gaúcho, aliás sulriograndense, porque gaucho são os argentinos, que tentamos imitar, fecho com Smith. Se fomos valentes na Revolução Farroupilha, fomos covardes na Constitucionalista, deixando os bravos paulistas tombarem sozinhos nas mãos do fascínora e suicida Getúlio. Tivesse 9 de Julho outro desfecho, não daríamos vazão à corja de políticos que hoje infesta o país.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 13/07/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.