Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Investigação interna

CNMP vai propor auditoria no Ministério Público amazonense

Os conselheiros Hugo Cavalcanti e Janice Ascari estiveram em Manaus (AM) para acompanhar as investigações sobre o suposto envolvimento do procurador de Justiça, Vicente Cruz de Oliveira, em uma trama para assassinar o procurador Mauro Campbel Marques, que concorria com ele ao cargo de procurador-geral de Justiça.

Vicente Cruz não está mais concorrendo ao cargo de procurador-geral de Justiça do Amazonas porque foi afastado na terça-feira (16/1) de suas funções institucionais, por determinação do Conselho Superior do Ministério Público amazonense.

Na visita, os conselheiros tomaram ciência dos detalhes sobre as investigações contra o procurador afastado e também ouviram vários membros do MP local. Assim, vão elaborar um relatório sobre a situação e apresentarão ao Plenário do Conselho Nacional, na próxima sessão do CNMP, dia 30 de janeiro. Uma das propostas é fazer uma auditoria interna, que se estenderá às últimas gestões do Ministério Público do Amazonas.

Histórico

Segundo informações do jornal Diário do Amazonas, Cruz é acusado de contratar um ex-presidiário para assassinar seu adversário na eleição para escolher o próximo chefe do Ministério Publico do Amazonas, marcada para fevereiro próximo.

O pistoleiro contratado para fazer o serviço preferiu denunciar o crime ao MP. De acordo com o Jornal Nacional, da Rede Globo, isso aconteceu porque Cruz resolveu abortar o plano e contratar um outro matador.

No Conselho Nacional do Ministério Público também há processo contra Cruz. Trata-se de Processo de Controle Administrativo originado em representação dirigida ao Colégio de Procuradores do Amazonas e feita pela promotora de Justiça, Silvana de Lima Cabral. No processo, ele é acusado de pagamento irregular de gratificação e de diárias a servidores, irgularidades em licitação e sueprfaturamento.

Revista Consultor Jurídico, 18 de janeiro de 2007, 13h39

Comentários de leitores

3 comentários

COMENTARIO CONJUR 19 JAN 2007 Desculpem-me sen...

Valente Filho (Oficial da Polícia Militar)

COMENTARIO CONJUR 19 JAN 2007 Desculpem-me senhores escrevedores do CONJUR! Desculpe-me escrevinhador senhor João Bosco Ferrara! Estou, depois de cinqüenta e oito anos de idade, tentando concatenar as idéias para poder expressá-las sob escritas, mas estou com muitas dificuldades. Não sei se é por ter a mania de ler dicionário e, somente, escrever com o “PAI DOS BURROS” ao lado ou por ter o grau de inteligência mediano. Fui submetido a tantos exames psicotécnicos e somente consegui de 120 a 134 pontos de QI (quociente de inteligência). No entanto, penso não ser o senhor a pessoa ou o professor mais capaz de ajudar-me, pelo simples fato: Ser inconseqüente e bufão. Penso que está precisando, urgentemente, de um médico, por pressentir que sofre de idiopatia e/ou idiotia. Senhor João Bosco Ferrara, até o momento estou a me perguntar: O que fiz para lhe despertar a procurar um espelho e chegar ao óbvio ululante? O que Deus lhe deu é seu. Não quero acreditar que esteja em sã consciência, quando escreve esses escárnios contra outrem, que seque lhe ofendera. Nenhum mal lhe causei, apenas, e não mais que de repente, veio-me a mente a certeza que deveria ajudar-lhe a aprender e apreender o significado mais simples da escrita. Jamais me passou a lembrança de ofender-lhe como procede com as pessoas que escrevem no CONJUR, mas valho-me de lembrar que dia outro ao deparar-me com um fanfarrão disse-o: Que quando pensava digeria e quando falava defecava! Para outros de nós que tem a oportunidade ímpar, mesmo não sendo inteligência/dicionário/gramática, de se expressar por escrita, não poderia dizer que espalham fezes.

Finalmente não, por favor... Ainda faltam muito...

Luiz P. Carlos (((ô''ô))) (Comerciante)

Finalmente não, por favor... Ainda faltam muitos outros MP, eu recomendo o MP-RJ, por exemplo em relação a cobranças de pedagio e de vistoria veicular SEM LEI. Tem tambem problemas na telefonia, na internet.... Tudo que o MP-RJ não consegue ver, cego...cego,,, Que miupia congenita e incongruete essa !?

Finalmente uma providência sensata em todo esse...

Observador (Outros)

Finalmente uma providência sensata em todo esse mar de lama! Pena que se trata apenas de uma proposta. Certamente o CNMP honrará seu papel e aprovará essa importante medida para recuperar a credibilidade do MP-AM.

Comentários encerrados em 26/01/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.