Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Receita de risco

Laboratório Eli Lilly fecha acordo em 18 mil processos nos EUA

A companhia farmacêutica Eli Lilly anunciou nesta quarta-feira (10/1) ter feito acordos judiciais com 18 mil pacientes que alegaram ter contraído diabetes com a ingestão do medicamento Zyprexa — antipsicótico receitado a quem sofre de esquizofrenia.

Segundo o site Findlaw, a empresa já havia feito acordos em cerca de oito mil ações, no valor de US$ 700 milhões, em 2005. A companhia afirma que, agora, o novo acordo resolve a maioria dos casos. Mas ainda estão pendentes 1,2 mil ações. Os laboratórios Lilly não revelaram o valor do novo acordo. A empresa diz que em 2006 os custos de litigâncias foram inferiores a US$ 500 milhões.

A maioria das ações sustenta que, desde seu lançamento em 1996 até setembro de 2003, a Eli Lilly teria falhado ao não informar que a droga poderia causar diabetes.

Revista Consultor Jurídico, 11 de janeiro de 2007, 11h51

Comentários de leitores

1 comentário

Felizes são os advogados americanos, que recebe...

joao eugenio fernandes de oliveira (Advogado Sócio de Escritório)

Felizes são os advogados americanos, que recebem honorários polpudos, e ainda podem fazer propaganda para conquistar clientes. Lá muitas coisas são diferentes do Brasil: A Justiça é rápida, as decisões são cumpridas, as empresas respeitam os consumidores, as indenizações são decentes. Se fosse no Brasil, o processo sequer teria sido julgado desde 1996. E mesmo que fosse, a indenização não passaria de R$10.000,00. Fazer o quê?!

Comentários encerrados em 19/01/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.