Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Livre acesso

Usuários da Brasil Telecom já podem acessar o YouTube

Os usuários da Brasil Telecom já podem acessar o site de vídeos YouTube. A empresa de telefonia liberou o acesso à página depois que o desembargador Ênio Santarelli Zuliani, do Tribunal de Justiça de São Paulo, mandou “restabelecer o sinal do site”. O despacho é desta terça-feira (9/1).

Na segunda-feira (8/1), a decisão do desembargador armou uma confusão ao determinar que o acesso ao site fosse bloqueado. Zuliani, por meio da assessoria de imprensa do TJ, explicou que determinou tão somente o bloqueio do acesso ao vídeo de Cicarelli, e não ao conteúdo de todo o site. Mas a decisão dava margem à interpretação de que o acesso a todo o site deveria ser bloqueado.

Ele justificou a medida com o fato de que o YouTube não atendeu decisão anterior do próprio TJ paulista, que determinava que o vídeo de Daniella Cicarelli fosse retirado do ar. A produção exibe cenas de ardente paixão da modelo e do empresário Renato Malzoni Filho, namorando numa praia espanhola.

Hoje, em novo despacho, ao determinar que o site voltasse ao ar, Zuliani explicou a decisão que culminou no bloqueio do YouTube. Segundo o desembargador, a ordem foi para que fossem tomadas “providências que impeçam o acesso dos internautas brasileiros ao vídeo das filmagens dos autores da ação”.

Das cinco empresas que operam os troncos de conexão internacional (backbone), a Brasil Telecom e a Telefônica foram notificadas e bloquearam o acesso ao site. Os usuários da Telefônica continuam sem poder navegar no YouTube.

Revista Consultor Jurídico, 9 de janeiro de 2007, 17h25

Comentários de leitores

4 comentários

Nunca pensei que fossemos discutir essa idiotic...

Rvbpinto (Advogado Sócio de Escritório)

Nunca pensei que fossemos discutir essa idiotice. Falam tanto dos políticos, mas e os nossos "doutos julgadores" um bando de imbecis!

a trepadeira aquática conseguiu censurar milhõe...

RAFAEL ADV (Procurador do Município)

a trepadeira aquática conseguiu censurar milhões de videos por causa de suas putarias aquáticas feitas em LOCAL PÚBLICO.... ou seja ilegal... logo deveria estar sendo processada criminalmente... já que a justiça é igual pra todos... ou não ??? E um desembargador de SP conseguir bloquer a youtube em todo o Brasil é muito absurdo... agora tá na moda censurar na internet... a nova do momento é o Barrichelo que quer proibir o orkut de ter comunidades com seu nome... ninguém mandou ser um péssimo piloto...

Ao invés de prender o casal que fez sexo em púb...

Joares (Comerciante)

Ao invés de prender o casal que fez sexo em público por ato obsceno, preferem censurar a internet. A Maria Eugenia "tirou a frase de minha boca". Se a Dona Cicarelli queria privacidade, deveria fazer o que fêz na praia, entre quatro paredes e se queria filminho de graça era só instalar uma camera no quarto. Depois que "ganhou o filminho" de graça quer proibi-lo. Alem disso o ministério publico em ação de despejo leva mais de ano para agir, mas no caso de "filminho" age bem rápidinho.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 17/01/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.