Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Prova em vídeo

Ingleses agressores de iraquianos se livram da Corte Marcial

Por 

Soldados ingleses que foram filmados batendo em civis iraquianos, em 2004, não irão enfrentar a Corte Marcial. Mas dois acusados podem estar sujeitos a procedimentos punitivos, segundo nota divulgada pelo Ministério da Defesa na quinta-feira (4/1). As informações são do site Findlaw.

Feito em 2004, o vídeo se tornou público ano passado e foi distribuído amplamente. As imagens mostravam soldados ingleses batendo em jovens iraquianos na cidade de Amarah, a 290 km de Bagdá, quando forças britânicas reprimiam manifestantes.

Inquérito feito pelo Setor de Investigações Especiais identificou nove homens do Primeiro Batalhão de Infantaria Leve para serem investigados pelo Ministério Público Militar inglês, o Army Prosecuting Authority (APA). Evidências recaíram, ao final, sobre dois militares.

 é repórter especial da revista Consultor Jurídico

Revista Consultor Jurídico, 7 de janeiro de 2007, 7h01

Comentários de leitores

3 comentários

E a história vai sendo construída...segunda gue...

Francisco Lobo da Costa Ruiz - advocacia criminal (Advogado Autônomo - Criminal)

E a história vai sendo construída...segunda guerra, ditadura vargas, 1964, Iraque e inclusive RDD e Catanduvas. Aguardem resultados...

saddan totura e é esganado, os invasores tortur...

veritas (Outros)

saddan totura e é esganado, os invasores torturam e ficam livres ?????

saddan totura e é esganado, os invasores tortur...

veritas (Outros)

saddan totura e é esganado, os invasores torturam e ficam livres ?????

Comentários encerrados em 15/01/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.