Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Competência transferida

Cinco secretários estaduais de Segurança são delegados da PF

A onda de violência que recentemente abalou os estados de São Paulo e Rio de Janeiro já provoca reflexos nas opções feitas pelos novos governadores. De 13 secretários de Segurança Pública escolhidos, cinco são delegados da Polícia Federal, conforme informa nesta terça-feira (2/1) o jornal Folha de S. Paulo.

Para o secretário nacional de Segurança Pública, Luiz Fernando Corrêa, também delegado da PF, a escolha de delegados para a pasta de segurança “é como uma terceira onda: depois dos generais e dos políticos, agora vivemos uma espécie de onda federal”. A “terceira onda” também revela a preocupação dos governadores de estreitar as relações com a Polícia Federal, caso precisem de reforços.

No Rio de Janeiro, o novo secretário de Segurança Pública escolhido é o delegado José Mariano Beltrame. Na Bahia, o cargo deve ser ocupado pelo delegado Paulo Bezerra. Os outros delegados federais a assumir a Segurança Pública estadual são Kércio Pinto, em Sergipe; Wantuir Jacinni, em Mato Grosso do Sul; e Romero Lucena, em Pernambuco.

São Paulo

São Paulo não seguiu a tendência e a escolha do governador José Serra recaiu sobre o advogado criminalista Ronaldo Marzagão, que tomou posse nesta terça-feira (2/1). Marzagão é promotor aposentado e foi policial militar. Hoje atua como advogado e defende, entre outras causas, a do promotor Thales Ferri Schoedl, réu confesso de matar um jovem e de ferir outro a tiros em Bertioga, no litoral paulista.

Revista Consultor Jurídico, 2 de janeiro de 2007, 11h58

Comentários de leitores

1 comentário

Parabéns aos Delegados Federais escolhidos como...

Sérpico (Estagiário)

Parabéns aos Delegados Federais escolhidos como Secretários de Segurança Pública. Temos certeza que farão um excelente trabalho, a exemplo do que a PF tem feito pelo país.

Comentários encerrados em 10/01/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.