Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Nova direção

Rider Nogueira toma posse na presidência do TST na sexta-feira

Os ministros Rider Nogueira de Brito, Milton de Moura França e João Oreste Dalazen tomam posse, nesta sexta-feira (2/3), às 18h, como presidente, vice e corregedor-geral do Tribunal Superior do Trabalho para o biênio 2007/2009.

A eleição da nova direção ocorreu, por unanimidade de votos, no dia 8 de fevereiro, em sessão extraordinária do Pleno, um dia após a publicação da aposentadoria do ministro Ronaldo Leal, que presidiu o tribunal de abril de 2006 a fevereiro de 2007.

Perfil dos ministros

Natural do município paraense de Óbidos (PA), Rider Nogueira de Brito formou-se bacharel em Direito pela Universidade Federal do Pará e ingressou na Justiça do Trabalho em 1968, após aprovação em concurso público.

Atuou como professor universitário e, a partir de 1985, passou a integrar o Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região (Pará e Amapá), onde ocupou os cargos de presidente e corregedor regional (1990/92). Desde dezembro de 1995, atua como ministro do Tribunal Superior do Trabalho. Foi corregedor-geral da Justiça do Trabalho.

O vice-presidente eleito do TST, Milton de Moura França, nasceu em Cunha (SP) e formou-se bacharel em Direito pela Universidade de Taubaté (SP). Atuou na advocacia e como procurador autárquico do estado de São Paulo. Foi aprovado em concurso de provas e títulos para procurador do Estado de São Paulo.

Ingressou na Justiça do Trabalho da 2ª Região (São Paulo), em junho de 1975, e presidiu a então Junta de Conciliação e Julgamento (JCJ) de Guaratinguetá (1979), onde foi seu primeiro juiz presidente. Passou a integrar o Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região

(Campinas-SP) em junho de 1987. A partir de agosto de 1996, passou a integrar o TST, onde preside a 4ª Turma.

João Oreste Dalazen é natural do município de Getúlio Vargas (RS) e é graduado e pós-graduado em Direito pela Universidade Federal do Paraná. Foi procurador da Caixa Econômica Federal e promotor de Justiça substituto.

Ingressou na Justiça do Trabalho, em dezembro de 1980, e presidiu JCJs de Maringá, Guarapuava e Curitiba. Empossado no TST em julho de 1996, preside até o momento a 1ª Turma. É professor universitário e, atualmente, leciona na Universidade de Brasília (UnB).

Revista Consultor Jurídico, 28 de fevereiro de 2007, 0h02

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 08/03/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.