Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Rumo ao Planalto

Policiais Federais voltam a fazer ameaça de greve

Por 

A Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef) voltou a ameaçar fazer greve salarial em março. A entidade, que tem quase 14 mil associados, se reuniu com outras associações representantes da Polícia Federal, nesta terça-feira (27/2), em Brasília, para traçar as estratégias de mobilização dos servidores.

A reivindicação é pela segunda parcela da recomposição salarial e contra o anteprojeto de Lei Orgânica elaborado pelo ministério da Justiça. Segundo a Fenapef, “os policiais decidiram reunir no dia 15 na capital federal representantes de todas as entidades associativas e sindicais do Brasil. O objetivo é que o grupo faça uma ofensiva junto ao governo e ao Congresso Nacional para ver atendidas suas reivindicações. Os policiais devem ir neste dia ao Palácio do Planalto”.

O presidente da Federação, Marcos Vinício Wink, diz que o governo não tem agido corretamente com a categoria. “Além de afrontar os policiais federais, aquele anteprojeto é uma afronta à inteligência das pessoas que querem construir uma polícia cada vez mais moderna, eficiente, humana e democrática”.

Cerca de 120 representantes sindicais são esperados em Brasília no próximo dia 15. Os federais cruzaram os braços por um dia, há 15 dias. Os policiais protestam contra o anteprojeto de Lei Orgânica da Polícia Federal elaborado pelo Ministério da Justiça. O texto, por exemplo, acaba com as carreiras de papiloscopista e de escrivão da PF e, segundo a Fenapef, “não toca em questões cruciais como é o caso da progressão funcional dentro do órgão”.

Os policiais federais também cobram que o governo “cumpra o compromisso assumido no ano passado quando da negociação da recomposição salarial da categoria. Até o momento apenas uma, das duas parcelas da recomposição acordadas com o governo, foi repassada aos policiais”.

Mesmo se for deflagrada a greve, os policiais devem seguir as negociações com o governo federal. “O governo nos prometeu dois reajustes salariais de 30%. No primeiro, poucos chegaram a um reajuste de 20%. A maioria teve apenas 5%. Cortaram nossas gratificações. Dois ministros, da Justiça, Marcio Thomaz Bastos, e do Planejamento, Paulo Bernardo, assinaram documento se comprometendo a voltar às negociações em janeiro. Mas sumiram do mapa. Estamos na iminência de greve”, explicou Wink.

 é repórter especial da revista Consultor Jurídico

Revista Consultor Jurídico, 28 de fevereiro de 2007, 13h11

Comentários de leitores

9 comentários

Essa lista de discussão é uma baixaria lamentáv...

Observador (Outros)

Essa lista de discussão é uma baixaria lamentável!

Tem razão Cezar em tudo que você escreveu! No f...

Selmo Santos (Outros)

Tem razão Cezar em tudo que você escreveu! No fim da sua frase é claro: “adivinhou que sou carioca”, então acertei em tudo que escrevi...risos... E reconhece a minha escrita, por que deixou de dizer pederasta, gírias da sua terra, para usar o termo frango...utilizado no nordeste brasileiro, veja o quanto a sua mente está voltada para a sua sexualidade alargada...Aliás, você está alargado a muitos anos e deseja continuar pelo visto, agora me chama de pretendente a carreira da PF, se liga! Você é realmente uma figura decomposta, chamar-me de frustrado...risos...isso é uma loucura..risos...como é péssimo as pessoas não conhecerem a pessoalidade das outras e atacarem o lado pessoal, mas, isso é decorrência dos rábulas que pleiteiam uma vaga para melhorar o salário e sentirem – se alguém, quando nas suas condições, você sabe que você é um mané, ou melhor você não é absolutamente nada! Risos...nem cheguei aos meus trinta anos e sou comparado aos cartolas...risos...e o pior, pegar eu para quebrar de pau na academia (ANP) foi a melhor comédia que já li na minha vida...quem entra no pau direto é você! E mais, veja o quanto você é um cancro ambulante, que eu deva aqui responder – lhe com a sua linguagem, visto que você realmente é um aprendiz deslustrado, bacharel com frustrações de pigmeus...risos...tanto que na condição de bel, segundo você, precisou ler ao dicionário (aprendeu aqui no site comigo) para saber o que significa rábula e o reproduziu na integra aqui...realmente não devo perder mais meu tempo com você...é capaz de você ter o diploma recolhido se é que tem pela suposta faculdade que estudou...se é que estudou? Finalizo, não acertei que você seja um federal, mas, o rábula está sonhando em ser...risos...é típico de algumas bobagens que lá estão, e viva a Bahia, pois quem quebraria sua cara seria eu, seu vagabundo frustrado! Selmo Santos

Agora tenho certeza! É louco de pedra!! Deve v...

Sérpico (Estagiário)

Agora tenho certeza! É louco de pedra!! Deve ver ETs no céu estrelado que tanto teme. Escreveu, escreveu e só nos deu certeza de suas infindáveis bobagens e cretinices. Se auto intitula homem culto. Para mim é um asno travestido de doutor, com fraque, cartola e bengala. Quer se promover as custas da PF. Não sou da PF não, mas acompanho seu trabalho e estou estudando para ingressar em seus quadros. Voce é que deve ser um grande frustrado na vida. Deve ter tomado pau em concurso da PF e fica queimando a lingua falando bobagens contra uma instituição que trabalha sério. Para mim chega seu rábula (gostei do rábula)(do Lat. rabula s. m., advogado que fala muito, embaraçando as questões com artifícios que a lei faculta; homem muito falador, e que não chega a uma conclusão; s. f., papel de menor importância, numa representação teatral; rabulice.) pois voce não passa de um recalcado. Supera esta frustração. Estude que pode talvez passar no concurso. Aí talvez nos encontremos na Academia de Policia. Vou te quebrar de pau, seu frango. Não perca tempo do grupo respondendo porque para mim acabou por aqui. SEU FRANGO!!!!! Um coisa voce adivinhou, sou carioca, com muito orgulho e sem racismo.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 08/03/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.