Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Dívidas a pagar

Imóvel da TV Manchete em São Paulo deve ir a leilão

Por 

A antiga sede da TV Manchete em São Paulo deve ser leiloada para quitar parte das dívidas da falida emissora de televisão. A pedido do Ministério Público, o juiz Rogério Murilo Pereira Cimino, da 28ª Vara Cível de São Paulo, determinou que o imóvel fique à disposição da massa falida e barrou sua transferência para outra empresa do grupo Bloch.

Dennis Munhoz, superintendente de estratégia da Rede TV! — que obteve a concessão do governo federal para explorar os canais da TV da Manchete em 1999 — comemorou a decisão. Segundo ele, “a Justiça reconheceu, com isso, que a Rede TV! não é sucessora da TV Manchete, até porque não ficou com o patrimônio da antiga emissora”.

Estima-se que a venda do imóvel pode quitar boa parta das dívidas trabalhistas da emissora. Projeto de Oscar Niemeyer, o imóvel fica na rua Ida Kolb, próximo à Marginal Tietê, no bairro da Casa Verde, em São Paulo. É formado por dois prédios que estão hoje alugados pela massa falida para uma editora.

Procurado pela revista Consultor Jurídico, o síndico da massa falida, Manuel Antonio Angulo Lopez, afirmou que, por não haver ainda avaliação oficial do imóvel, prefere não estimar o montante do débito trabalhista que será abatido depois do leilão dos prédios.

 é chefe de redação da revista Consultor Jurídico.

Revista Consultor Jurídico, 27 de fevereiro de 2007, 19h08

Comentários de leitores

1 comentário

Um dos problemas da liquidação da Massa Falida,...

www.marcosalencar.com.br (Advogado Sócio de Escritório)

Um dos problemas da liquidação da Massa Falida, é a falta de respeito do judiciário trabalhista ao Juízo Universal, o da falência. Isso dilapida ainda mais o patrimônio das Massas, em prol de alguns reclamantes. O conflito de competência é difícil de ser exercido. A Massa muitas vezes se acomoda e deixa atos dessa natureza progredirem. A impunidade aos maus Magistrados, que agem em prol de alguns em detrimento de outros, é também um incentivo.

Comentários encerrados em 07/03/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.