Consultor Jurídico

Comentários de leitores

26 comentários

Haidar, tenho uma observação feita por um comer...

Elias Mattar Assad (Advogado Associado a Escritório)

Haidar, tenho uma observação feita por um comerciante amigo (claro que em tom de brincadeira) que a única profissão que aumentando a concorrência aumenta o trabalho é a de advogado. No raciocínio dele quanto mais pessoas para propor ações - outro número igual de profissionais para trabalhar do outro lado! É claro que não é bem assim... Parabéns pela entrevista com o sempre presidente Rubens Approbato Machado.

Ao ler a entrevista feita com o Dr. Rubens Appr...

manhaes (Advogado Sócio de Escritório)

Ao ler a entrevista feita com o Dr. Rubens Approbato, vejo que tenho que parabenizar não o entrevistado, pois ele já é conhecido da advocacia brasileira; é um líder, defensor do advogado e como ele mesmo bem apresentou na sua entrevista, defensor dos que defendem os direitos da sociedade civil. Devemos sim, parabenizar, o "Consultor Jurídico" pela escolha do entrevistado e pela divulgação dos ensinamentos trazidos pelo nosso sempre Presidente Rubens Approbato Machado. Aos novos advogados, Dr. Rubens estimula e orienta como atuar, como ser um bom e ético profissional neste mercado de tanta concorrência; e aos mais experientes, Dr. Rubens renova a chama da esperança de continuarmos a lutar pela defesa do Estado de Direito, pelo alcance da distribuição da Justiça; esperança enfim, de continuarmos a acreditar que advogar é também se solidarizar, se sensibilizar com as injustiças, é também tentar melhorar a nossa sociedade. Marcelo Manhães de Almeida

Neli: de forma alguma estou sendo injusto. O ca...

MPE (Promotor de Justiça de 1ª. Instância)

Neli: de forma alguma estou sendo injusto. O caso apontado por vc é de eventual erro PESSOAL de membro do MP, e não institucional! Já a lista é orquestrada pela instituição da OAB que não deveria fzer uso dela da forma que o faz, pois ela realmente ofende a nossa democracia, independentemente dos fatos acoimados aos "listados". Imagine uma lista de inimigos de todas as instituições, como MP, MAG, polícias, médicos, dentistas, engenheiros, jornalistas, partidos políticos.. tem ou não semelhança com a famigerada lista de judeus na 2ª GM? Que estado o Brasil estará se transformando ao permiti-las? Mais: até o condenado criminal, após o prazo de reabilitação, tem direito a uma certidão criminal da Justiça de "NADA CONSTA". Logo, até para prática de crime há prazo para permncver listado pela Justiça! Já os listados da OAB são condenados perpétuos! Pense bem! Até!

Caro Dr. Rubens Approbato Machado. Após ler ...

Otávio Toledo (Juiz Estadual de 2ª. Instância)

Caro Dr. Rubens Approbato Machado. Após ler sua brilhante entrevista, sinto-me instado a reforçar a grande admiração que nutro pela sua pessoa. O que ali está lançado, demonstra uma vasta bagagem de vida e de profissionalismo. Digo isso posto que pude participar de ações coordenadas pelo senhor, tanto na Escola Superior de Advocacia - ESA, a qual preside com inigualável brilhantismo e liderança, quanto no Superior Tribunal de Justiça Desportiva, onde desempenha, com reconhecida competência e seriedade, sua presidência. O que vem contido na referida entrevista serve, sem a menor sombra de dúvida, para nortear atuações nas mais variadas áreas da nossa amada advocacia. Com ela aprendi. Com a convivência que temos mantido (providencialmente iniciada quando fui privado da figura do meu pricipal interlocutor) , por força das referidas entidades, tembém tenho aprendido. Parabém por suas palavras. Sorte da Advocacia brasileira. Otávio Augusto de Almeida Toledo, advogado e auditor do STJD do Futebol

Extremamente lúcida a avaliação experiente advo...

Viviane Girardi (Advogado Autônomo - Família)

Extremamente lúcida a avaliação experiente advogado: os problemas do Judiciário dizem mais respeito à ineficácia da gestão do que à alteração da legislação.

Brilhante entrevista. Parabens ao Dr. Approbato.

Émerson Fernandes de Carvalho (Advogado Sócio de Escritório)

Brilhante entrevista. Parabens ao Dr. Approbato.

Rubens Aprobato tem, dentre suas vitórias, mais...

Regina Beatriz (Advogado Autônomo)

Rubens Aprobato tem, dentre suas vitórias, mais uma conquista, que é a direção exemplar da ESA - Escola Superior de Advocacia - agora, sob sua gestão, com vários Cursos de Especialização que abrem aos advogados a real possibilidade de aprofundamento nos principais ramos do Direito. Meus cumprimentos. Regina Beatriz Tavares da Silva.

As leis fomentam a dialética para os operadores...

allmirante (Advogado Autônomo)

As leis fomentam a dialética para os operadores do direito tosquearem as ovelhas.

Parabéns, Doutor Rubens Approbato Machado, pela...

Luís Geraldo Lanfredi (Juiz Estadual de 1ª. Instância)

Parabéns, Doutor Rubens Approbato Machado, pela corajosa e sincera entrevista, que está para confirmar vossa natural vocação para a LIDERANÇA da ADVOCACIA deste país. E tanto mais acompanhando vosso ardoroso e militante trabalho junto à ESCOLA SUPERIOR DE ADVOCACIA (ESA-OAB/SP), forçoso reconhecer que vossas palavras não são mero artifício de retórica, senão ação que causa revolução, decidido que estais a instrumentalizar a mentalidade e a iniciativa do Advogado, enquanto operador do direito comprometido com o seu tempo, com o meio onde vive e com a história desta NAÇÃO. Sigais sempre altaneiro, PRESIDENTE! Luís Geraldo Lanfredi Juiz de Direito

Nenhum de nós escequeceu ainda, nem esquecerá o...

Fabiano Carvalho (Professor Universitário)

Nenhum de nós escequeceu ainda, nem esquecerá o brilhante trabalho que Rubens Approbato Machado fez, e até esse tempo faz pela advocacia brasileira. Parabéns pela matéria. Fabiano Carvalho, professor do curso de especialização da PUC/SP e da Escola Superior de Advocacia

Gostaria de parabenizar o Dr. Rubens Aprobatto ...

Alexandre Atheniense (Advogado Sócio de Escritório)

Gostaria de parabenizar o Dr. Rubens Aprobatto pela entrevista e enfatizar que sou testemunho ocular há vários anos da sua ótica visionária como festejado gestor nas diversas entidades que já presidiu. A época da Presidência do Conselho Federal foi vitorioso implantando a nova identidade do advogado e a ICP-OAB, além de criar o Cadastro Nacional dos Advogados que servirá como plataforma para a prática da advocacia online prevista na Lei 11419. Recentemente, na presidência da Escola Superior da Advocacia da OAB/SP, tivemos a honra de aceitar o convite para mais um desafio inédito para coordenar e lecionar o primeiro curso de Pós Graduação Latu Sensu em Direito de Informática no Brasil. Embora várias iniciativas semelhantes de outras entidades de ensino não menos brilhantes houvessem fracassado, com o desmedido apoio e motivação recebidos do Dr. Rubens, conseguimos lograr êxito neste projeto comprovando uma vez mais sua invejada habilidade de enxergar e apostar no futuro dos novos ramos da advocacia. Parabéns Dr. Rubens pela sua vitoriosa trajetória profissional ! Alexandre Atheniense

Leis duras e Autoridades arbitrárias, é o que h...

Francisco Lobo da Costa Ruiz - advocacia criminal (Advogado Autônomo - Criminal)

Leis duras e Autoridades arbitrárias, é o que há de melhor para a advocacia. Chega de romantismo, e quem pode mais chora menos.

Mineiro (Promotor de Justiça de 1ª. Instância)...

Neli (Procurador do Município)

Mineiro (Promotor de Justiça de 1ª. Instância) O senhor está sendo injusto. Há um Tribunal de Ética na OAB que é sério,julga,com imparcialidade os pares. Tenho algumas restrições na Gestão da OAB,exemplo,a Lista,mas no todo a OAB não merece restrição. Não posso generalizar dizendo que o MP não cumpre as normas processuais (e,pq não constitucionais)! Quando ofereceu denúncia ,como o fez no Caso Ubiratã, pela imprensa,utilizando até aquele apetrecho(esqueci o nome),para apontar supostas provas contra a acusada. Isso não fere o princípio constitucional da Presunção da Inocência? E,mais: a meu ver houve uma incoerência ali:se o Inquérito Policial foi sigiloso(a pedido de quem? Da Polícia ou do Próprio MP?Ou da defesa?),não é incoerência fazer a denúncia em público? Ou quer colocar a imprensa a seu favor,por não ter provas contra a acusada? E,a acusada sendo inocente? Aliás, tenho certeza que o é,pois,se uma pessoa foi interrogada por mais de trinta horas,afigura-se-me: a) quem a interrogou não tinha competência;b)ela é inocente mesmo... Um acusado não habitual não consegue se manter,sem nenhuma contradição nos depoimentos!E, sendo inocente,pergunto!? E,não é só:parece-me que a imprensa não julga,ainda! Pelo que ando vendo,o princípio da Presunção da Inocência é rasgado diariamente pela mídia sob olhares silenciosos de quem deveria defender as Normas Legais. Acrescento mais(e sem entrar no mérito político),no Governo FHC tinha um membro do MPF que não saia da mídia apontando irregularidades em seu governo. E,depois sumiu! Penso que um funcionário do Público deveria se abster de coloração partidária! Um bom dia!

Infelizmente o que se vê hoje no Brasil é um de...

Neli (Procurador do Município)

Infelizmente o que se vê hoje no Brasil é um descumprimento exacerbado das leis. Parece-me que se coloca o direito natural acima do Positivo e assim cada um cumpre a norma que se acha que de deve cumprir. Temo pelo futuro do Brasil.

Que satisfação poder ler esta entrevista com o ...

Luiz Flávio D'Urso (Advogado Autônomo)

Que satisfação poder ler esta entrevista com o nosso sempre presidente Rubens Approbato Machado! Da altura de sua experiência de 50 anos de advocacia, com a sensibilidade de um líder, faz um realista diagnóstico da nossa profissão na atualidade. Sua mensagem serve de estímulo aos que abraçaram a advocacia pela paixão de ideais!!! Nossa profissão é a mais linda do mundo e se orgulha de poder contar com lideranças com a força e o porte de Rubens Approbato Machado. Um registro importante que faço é que o Dr. Rubens dirige nossa ESCOLA SUPERIOR DE ADVOCACIA DA OAB/SP, trazendo seu estilo, competência e experiência à serviço dos colegas. Parabéns em meu nome e dos 250 mil advogados e advogadas que tenho a honra de representar no Estado de São Paulo. Luiz Flávio Borges D'Urso Presidente da OAB/SP

Excelente entrevista, a limpidez, a ponderação ...

Felipe Boaventura (Estagiário)

Excelente entrevista, a limpidez, a ponderação e o comedimento demonstrados pelo Ilustre Dr. Rubens Approbato Machado são uma lição, um brilhante exemplo a todos advogados, e principalmente aos recém ingressos na seara jurídica como eu e meus colegas acadêmicos; recomendarei a leitura a todo meu círculo de contatos. Parabéns CONJUR. Meu conterrâneo Mineiro; siga o exemplo do entrevistado, seja ponderado em seus argumentos; não sou o maior defensor da lista de desagravos, especificamente do modo como vem sendo tratada, contudo, a reconheço como um meio legítimo de defender as prerrogativas dos advogados, que por corolário, são prerrogativas de interesse objetivo do cidadão jurisdicionado. O senhor como Promotor não pode se olvidar desta imperiosa importância. Dr. Luiz Flávio D’Urso é uma honra saber que o senhor também utiliza o espaço do CONJUR, vejo sua gestão com muitos bons olhos, a sua atuação pública dignifica o papel do advogado e também serve de exemplo a todos nós. Todavia, aproveitarei a oportunidade para tecer uma singela observação, um pouco atrasada mas oportuna, não seria mais prudente que a Relação dos Processos Concedidos pela Comissão de Direitos e Prerrogativas da OAB-SP fosse um pouco mais discreta e possibilitasse (pelos mesmos meios) a exposição pública da contradita das autoridades (?); como nosso objetivo não é ‘listar os inimigos’, como querem rotular muitas autoridades, deveríamos empreender meios de sermos mais imparciais na publicação da aludida lista, empreendendo até mesmo os máximos esforços para envolver o M.P. na punição das ilegalidades apuradas. Att. Felipe Boaventura boaventura.dm@gmail.com

Donde se conclui que advogados são causuisticos...

Luiz P. Carlos (((ô''ô))) (Comerciante)

Donde se conclui que advogados são causuisticos incentivadores da DESOBEDIENCIA CIVIL. Pô nunca havia pensado nisso antes !

Conheci o prof. Rubens quando iniciei meus trab...

Rossi Vieira (Advogado Autônomo - Criminal)

Conheci o prof. Rubens quando iniciei meus trabalhos na OAB/SP, nos idos 1998, vindo da àrvore frutífera de Paulo Sérgio Leite Fernandes. O mais admirável no corajoso advogado, colega mais antigo, é o seu sempre sorriso no rosto ao apertar as mãos dos advogados mais jovens . Quando não se nega um sorriso, uma palavra franca e um apertar de mãos e o reconhecimento de causa é que se destaca o verdadeiro lider. Parabéns pela entrevista e pela posição profissional no mundo jurídico. Otavio Augusto Rossi Vieira, 40 advogado criminal em São Paulo

Ler a entrevista do querido Rubens Approbato, m...

toron (Advogado Sócio de Escritório)

Ler a entrevista do querido Rubens Approbato, mais que um aprendizado, é um prazer. Senti a história dos últimos 50 anos da advocacia ser narrada de forma gostosa, realista e com muito otimismo. Não é à toa que conquista a todos. Do que li, fiquei com a sensação de estar diante de um jovem recém formado, pronto para o bom combate. Também eu compartilho da idéia dele de que é preciso repensar a questão da publicidade em relação à atividade do advogado. Um tabú que precisa ser quebrado no século XXI. Não para adotarmos o padrão norte-americano, mas para fugirmos da hipocrisia que reina hoje e causa enormes distorções. Aqui e ali discordo de alguma coisa, por exemplo, a instituição da Súmula vinculante, que aplaudo. Porém, no grosso, estou com ele e não abro. Hoje o admiro e quero continuar a aprender com ele. Mais que um líder, um amigo, um irmão mais velho! Aquele abraço Alberto Zacharias Toron, advogado

Muitos aspectos interessantes no comentário do ...

Band (Médico)

Muitos aspectos interessantes no comentário do Dr Rubens Approbato Machado mas o título dos jornalistas é completamente enganoso! “Se todos cumprissem as leis, não existiria advogado” A questão foge do cumprimento de leis. Se fosse só isto, a decisão de um juiz era igual a de todos os juizes, pois a lei é a mesma que todos devem aplicar. De uma instância inferior seria igual a superior! Mas isto não ocorre nem de longe! O que nem juizes concordam entre si, é evidente que as pessoas comuns nunca conseguiriam cumprir, fora todas as outras situações! “O advogado estrangeiro, para atuar no Brasil, precisa revalidar diploma e se inscrever na Ordem. Se não fizer isso, está praticando contravenção penal e nós vamos persegui-lo.” Interessante, pois advogados defendem que pessoas que cursaram medicina no estrangeiro não obedeçam à mesma lei no caso desta profissão! Lutam para burlar e conseguem de juizes, mesmo sabendo que a profissão representa perigo de vida para o paciente desavisado! Ao contrário do direito que não trata com vidas imediatas, visto que não punimos os nossos psicopatas com prisão perpétuas e de morte! O interesse privado supera a proteção coletiva! E contraria o título do artigo: Advogados peticionando para que as leis não sejam cumpridas no nosso sistema social que prega a impunidade! Mas ao mesmo tempo, causa espécie que a prova apenas já permita aos estrangeiros praticarem o nosso direito sendo que, ao contrário da medicina que usa a mesma ciência médica em todo o mundo, em direito é completamente diverso por não se tratar de base científica, mas de códigos de funamentação diversa!

Comentar

Comentários encerrados em 5/03/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.