Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Fraude na ONU

Idoso pega cinco anos de cadeia por fraudar programa da ONU

Um juiz de Nova Iorque, nos Estados Unidos, condenou a cinco anos de prisão Tongsun Park, de 71 anos de idade. O velhinho é acusado de fraude ao programa das Nações Unidas chamado Óleo por Comida. Segundo o site Findlaw, o juiz Denny Chin considerou a pena pesada para um idoso em más condições de saúde, mas avalia sua decisão como “razoável e apropriada”.

Tongsun Park foi acusado de ter aceitado pelo menos US$ 2 milhões para trabalhar em prol do governo iraquiano para fraudar o programa da ONU. Park foi ao Iraque pegar US$ 700 mil em dinheiro, distribuído em envelopes com notas de cem dólares. Ele já havia sido indiciado na metade dos anos 70 num caso chamado “Koreagate”, escândalo pelo qual agentes do governo coreano foram acusados de comprar infuência no Congresso dos EUA.

Park fazia parte de um grupo de burocratas e magnatas do petróleo que converteram um esforço humanitário de trocar petróleo por comida num esforço de compra de burocratas ligados a Saddam Hussein, diz a acusação.

Três magnatas do petróleo nos EUA são acusados como partes do golpe e aguardam julgamento: Oscar S. Wyatt Jr., David B. Chalmers Jr e Ludmil Dionissiev.

Revista Consultor Jurídico, 24 de fevereiro de 2007, 17h14

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 04/03/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.