Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Mercado Jurídico

Mercado: Machado, Meyer fez 24 fusões e aquisições em 2006

Por 

O Machado, Meyer, Sendacz e Opice prestou assessoria jurídica em 24 fusões e aquisições em 2006. Ao todo, os negócios movimentaram US$ 6,8 bilhões. A boa atuação rendeu o 1º lugar, entre as bancas brasileiras, no ranking de fusões e aquisições fechadas na América Latina, de acordo com a publicação britânica Thomson Financial. No ranking geral, o Machado, Meyer ficou em 9º lugar. Se consideradas apenas as fusões e aquisições anunciadas, o escritório ocupa o 20º lugar na lista dos latino-americanos e a segunda banca brasileira.

No período da pesquisa, a banca foi responsável pela assessoria jurídica da venda de participações societárias em cinco linhas de transmissão da Schahin para a Cemig, o ingresso do novo sócio no Grupo Abril, a venda de parte da Parmalat para a Perdigão, a venda do Banco Pactual para o UBS e a privatização da Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista (CTEEP). Além disso, a venda de 60% de um terminal de cargas do Porto de Santos.

Melhores na área tributária

Pelo sexto ano consecutivo, o Ulhôa Canto, Rezende e Guerra Advogados alcança a primeira colocação na eleição dos melhores escritórios brasileiros na área tributária, conforme a publicação Chambers Global Guide. A editora inglesa Chambers and Partners elege anualmente as melhores bancas por área em 175 países. A pesquisa foi feita com as maiores empresas atuantes no Brasil, que votam nos advogados e nos escritórios. A firma também desponta em primeiro lugar no setor de energia e recursos naturais.

Relações virtuais

O especialista em Direito Eletrônico Renato Opice Blum foi convidado para coordenar o curso de MBA de Direito Tecnológico da Faculdade de Informática e Administração Paulista (Fiap). O objetivo do curso é estudar as relações que se estabelecem com as operações virtuais e encontrar soluções jurídicas, periciais, consultivas e processuais da era eletrônica. O início do curso está marcado para março. Mais informações: www.fiap.com.br.

Atendimento nacional

Para agilizar o pagamento de indenizações às famílias das vítimas do acidente que aconteceu em setembro, a Gol Linhas Aéreas contratou a Canal.Net Advogados em Rede. A rede conta com 78 escritórios e 450 advogados espalhados por todo o território brasileiro. O responsável pelo atendimento da empresa é o advogado Fábio Picarelli. Segundo ele, se a Gol decidisse contratar um escritório em cada estado para atender as vítimas o processo seria muito mais lento. Até agora, cinco processos foram iniciados: três em Manaus e dois em Minas Gerais.

Direito Aeronáutico

A advogada Glenda Romano, que conduziu o processo de reestruturação da Varig, é a mais nova sócia do Emerenciano, Baggio e Associados – Advogados. Ela vai implantar e dirigir a área de Direito Aeronáutico da banca. Em breve, litígios e consultoria no setor de aviação e transporte aéreo de passageiros e cargas terão mais uma opção de defesa. Glenda tem 30 anos de experiência no segmento aeronáutico. É graduada pela Universidade Federal de Goiás e tem três MBA: em Business, em Direito Empresarial e em Direito da Economia e da Empresa.

Filial nordestina

O Moraes Navarro e Iida Advogados Associados acaba de abrir uma filial em João Pessoa, na Paraíba, sob responsabilidade da advogada Taiane Lobato de Castro. O escritório tem sede em São Paulo e outra filial no Rio de Janeiro. Nascido em 2003, é comandado pelas especialistas em Direito Empresarial Ana Carolina de Moraes Navarro e Elza Megumi Iida. Ana Carolina fica com as áreas tributária, cível, imobiliária, consumidor e contratos. Iida se concentra nas recuperações judiciais e no setor comercial.

Demanda trabalhista

O escritório José Oswaldo Corrêa conhecido pela sua atuação em Direito Tributário ampliou o seu campo de trabalho. Para atender a demanda de empresas na área de Direito Trabalhista, contratou dez novos advogados e ampliou o escritório, que agora ocupa dois andares do prédio onde está localizado, no Rio de Janeiro. Átila Ribeiro Mello é o coordenador do novo setor da banca.

Gestão inteligente

Um sistema de gestão de arquivos, físicos e digitais, pode acabar com as montanhas de papéis, processos e documentos empilhados nas prateleiras e armários dos escritórios. A empresa Megafiles – Gestão Inteligente de Arquivos trabalha para digitalizar todos os documentos, organizar o acervo, eliminar documentos vencidos e catalogar os papéis. Os documentos em papel não ficam mais no escritório. Eles podem ser acessados online, independente do local de trabalho.

Escritórios batem bola

Advogados e advogadas de mais de 30 escritórios vão se enfrentar nos finais de semana de março a novembro para disputar a Liga Jurídica. O evento esportivo que existe desde 2000 é dividido entre as modalidades: futebol de campo e futebol society, masculino e feminino. O campeonato foi idealizado para integrar os profissionais de diferentes bancas, gerar novos encontros e reencontros. As inscrições podem ser feitas até 28 de fevereiro. O site Liga Jurídica traz mais informações sobre o campeonato. Quem preferir pode ligar para (11) 3721-9945.

Informações alteradas em 15/2, às 18h40.

 é repórter da revista Consultor Jurídico

Revista Consultor Jurídico, 15 de fevereiro de 2007, 17h32

Comentários de leitores

1 comentário

Dr. Ricardo David Adam Smith o senhor está equi...

Rubão o semeador de Justiça (Advogado Autônomo)

Dr. Ricardo David Adam Smith o senhor está equivocado, mas, ainda há salvação, o senhor é remediável! Quanto ao seu palavrório aleivoso, invejoso e preconceituoso acerca dos predicados da Professora de Filosofia Política da Universidade de Paris e também a Fluminense, eu atribuo ao ranço conservador e elitista que nos remete aos tempos do Visconde de Cairú (o baiano puxa-saco, servidor público, burocrata de D. João VI que traduziu na modalidade de cartilha o livro A Riqueza das Nações em língua portuguesa e tupiniquim adaptando-o à realidade brasileira da economia escravagista da época). Mas, saiba o senhor que o absurdo do aumento da rentabilidade do capital (que extrai ao máximo a mais-valia, lembra do Carlos Marques?) no contexto de economias com crescimento fraco (2,5% depois de havermos atingido o posto da 7ª economia nos anos 70), se deve a fusões-aquisições típicas de uma conjuntura de tom deflacionista de que são uma conseqüência e fator agravante (François Chesnais – A Mundialização do Capital – Editora Xamã – 1.996). A maldita e ruinosa acumulação e concentração de riqueza por 7 países e suas multinacionais e grandes grupos, ditadores das regras tendentes a não extender a produção por meio de capacidades novas, mas, unicamente a sua reestruturação com redução de efetivos, bem como a transferência, em benefício do grupo comprador, de partes de mercado dos grupos das empresas fundidas (e aqui está um dos objetivos principais das fusões e aquisições). Tudo isso a alavancar uma alta generalizada e quase contínua do grau de monopólio (François Chesnais - Professor de Economia Internacional na Universidade de Paris). Resumindo Dr. Ricardo David Adam Smith, o Carlos Marques em seu Capital, Livro II ao discorrer sobre aspectos do dinheiro do valor sempre disse que “O processo de produção capitalista aparece apenas como um intermediário inevitável, um mal necessário para fazer dinheiro. É por isso que todas as nações dedicadas ao modo de produção capitalista são periodicamente apanhadas pela vertigem de querer fazer dinheiro sem o intermediário do processo de produção.” E finalizando estamos na M... em virtude de nossa elite haver se associado ao capital externo, arreganhando que nem um pára-quedas (o filme do Barão de Mauá que passou na Cultura no domingo é a realidade crua) e abrindo as portas para exploração e mais exploração da reserva de trabalhadores (como meradorias na prateleira) como a galinha que se associa a raposa! É basicamente por isso!

Comentários encerrados em 23/02/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.