Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Defensoria insatisfeita

Defensores públicos de Minas Gerais estão em greve

Os defensores públicos de Minas Gerais paralisaram as suas atividades por tempo indeterminado. A decisão foi tomada em uma assembléia feita na sexta-feira (9/2). Segundo a Associação dos Defensores, a greve foi aprovada por falta de resposta do Governo às reivindicações da categoria.

Os defensores exigem melhorias nos salários e condições de trabalho, além da fixação dos seus subsídios, que estariam sendo discriminados em relação ao Ministério Público e ao Judiciário. A paralisação pode deixar 150 comarcas do estado mineiro sem defensores.

O presidente da Comissão da Advocacia Pública da Ordem dos Advogados do Brasil de Minas Gerais, Glauco David de Oliveira Sousa, informou que a entidade apóia essas reivindicações e se solidariza com os defensores públicos. Segundo Glauco, a expectativa dos defensores é que seja estabelecida negociação com o governo do estado, intermediada pelo Legislativo.


Revista Consultor Jurídico, 11 de fevereiro de 2007, 10h44

Comentários de leitores

3 comentários

Estou totalmente de acordo com a greve. Minas G...

Contabilista (Contabilista)

Estou totalmente de acordo com a greve. Minas Gerais tem o 2° pior salario do Brasil, perdendo somente para a Paraiba. QUANTO A FAZER UM CONCURSO SABENDO QUE A REMUNERAÇÃO É BAIXA. Defendo àqueles que, por vocação estão na carreira e tambem aos que já são Defensores Públicos muito antes do advindo do Ministerio Publico com a Constituição de 1988. Existem aposentados na carreira que tiveram a mesma formação. Gostaria de esclarecer que muitos jovens usam a Defensoria como um trampolim para o Ministerio Publico e quem realmente fica é porque gosta e porque realmente se identifica com a carreira. Nada mais justo ele reinvidicaram um salario equiparado entre os que "acusam" e os que " defendem" o cidadão.

Se fazem concurso público para a defensoria já ...

jorgecarrero (Administrador)

Se fazem concurso público para a defensoria já sabendo das condições de remuneração, por que a greve? Queria entender o por quê.

Estou de acordo integralmente com os Defesores ...

MPE (Promotor de Justiça de 1ª. Instância)

Estou de acordo integralmente com os Defesores Públicos de meu estado, pois são de suma importância, mas totalmente desvalorizados. Recebem, de inicial, 2.500,00, com expressa proibição de advogar ( oque está certo). Aliás, os Delegados de Políca deveriam iniciar uma greve também, pois os seus salários são idênticos aos dos defensores públicos. Justiça sem eles é falácia.

Comentários encerrados em 19/02/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.