Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Livre pelo DNA

Acusado por estupro consegue liberdade após exame de DNA

Um homem que passou sete anos atrás das grades, acusado de estupro, foi libertado após exame de DNA e agora vai ganhar da Justiça de Louisville, no Kentucky (EUA), uma indenização de US$ 3,9 milhões. As informações são do site Findlaw.

William Gregory, 59 anos de idade, alegava em sua ação que foi “falsamente preso pela polícia de Louisville e por isso sofreu degradação física atrás das grades”. Ele foi condenado em 1993, sob acusação de ter estuprado uma mulher e ter tentado fazer o mesmo com outras. Gregory foi libertado em 2000, após exames de DNA terem revelado que os fios de cabelo encontrados na cena do crime não poderiam ser os seus.

Em novembro de 2006 o estado de Kentucky pagou US$ 700 mil, em acordo judicial para encerrar a polêmica que envolvia um perito daquele estado, que depôs em juízo contra o suspeito. Bill Patteson, porta-voz do condado de Louisville, disse que esta semana a cidade depositou mais US$ 3,9 milhões na conta do acusado.

Revista Consultor Jurídico, 10 de fevereiro de 2007, 15h09

Comentários de leitores

5 comentários

Não é so no brasil que isso acontece, veja na t...

Murassawa (Advogado Autônomo)

Não é so no brasil que isso acontece, veja na terra do tio san também tem prisão de inocente.

Carrissimo Glauco. Casso vc tenha o nº do proce...

Jesiel Nascimento (Advogado Autônomo - Criminal)

Carrissimo Glauco. Casso vc tenha o nº do processo, me informe por favor. Quanto ao tema, nossa dificuldade está em que a pericia forense brasileira raramente colhe material para possibilitar o exame. Ao contrário, em alguns casos que pude atuar, pude verificar a omissão do Estado desprezando material de prova, como toalhas, calcinhas, papel higiênico usados pela vítima e que poderiam ser usados em comparação genética.

Quase 4 milhões é um bom começo. No Brasil se r...

ERocha (Publicitário)

Quase 4 milhões é um bom começo. No Brasil se receber algo tem que agradecer.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 18/02/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.