Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Dinheiro arrecadado

Polícia Federal vai investigar venda de atleta do Bahia

O Ministério Público Federal na Bahia solicitou a instauração de inquérito policial para apurar denúncias contra a administração do Esporte Clube Bahia. Motivo: membros do movimento Frente Única Tricolor e chefes de torcidas organizadas levaram ao MPF documentos que comprovariam que o clube não declarou ao Fisco todo o dinheiro arrecado com a venda do jogador Daniel Alves ao Servilha, time da Espanha.

A Polícia Federal deve expedir ofício ao Departamento de Combate a Ilícitos Financeiros e Supervisão de Câmbio e Capitais Internacionais (Decic), do Banco Central, para que indique o teor do dossiê correspondente à transação dos direitos federativos de Daniel Alves.

Deve ainda enviar ofício à Comissão de Valores Mobiliários para que encaminhe cópias de procedimentos administrativos ou dossiês sobre operações suspeitas além de pedir uma ação fiscal na Superintendência da Receita Federal na Bahia para que seja investigada suposta sonegação fiscal.

Revista Consultor Jurídico, 2 de fevereiro de 2007, 17h03

Comentários de leitores

2 comentários

JB. MG. Por falar em maracutáias do futebol co...

JB (Outros)

JB. MG. Por falar em maracutáias do futebol como está a situação dos Perrelas do Cruzeiro perante o Ministério Público? A Polícia Federal já passou da hora de fazer uma visita para eles e o Ministério Público volta a levantar aqueles processos parados. Os Perrelas mandam e desmandam no futebol de Minas gerais e o rolo dever ser muito grande em termos de maracutáia. Vamos agir Ministério Público e Polícia Federal em cima dos Perrelas.

Haja tempo para tanto.

Dalailamasp (Estudante de Direito)

Haja tempo para tanto.

Comentários encerrados em 10/02/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.