Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Garota problema

Justiça da Noruega convoca a cantora Amy Winehouse para depor

A tresloucada cantora Amy Winehouse, 24 anos, foi convocada pela Justiça da Noruega para explicar as condições em que foi presa no país em outubro. Winehouse foi detida por posse de sete gramas maconha. Estavam com ela o seu marido, Blake Fielder-Civil, e seu cabeleireiro.

Eles foram presos em um hotel depois que o sensor de fumaça do local foi acionado, informou o jornal norueguês VG. A cantora — que declara abertamente, inclusive em música, que fuma maconha — negou que tivesse relação com o delito. Segundo ela, a droga pertencia ao seu cabeleireiro.

Winehouse assinou um documento aceitando pagar o equivalente a US$ 737,60 de multa (cerca de R$ 1.300). Depois, a cantora disse que não sabia que documento ela tinha assinado.

Por meio de seu advogado na Noruega, a cantora afirmou que a multa tinha inclusive causado danos à sua carreira. Agora, a Justiça norueguesa deve decidir se a cantora foi forçada a assinar o documento.

Winehouse, que recebeu seis indicações para o Grammy 2008, é famosa tanto pela qualidade de suas músicas quanto pelas enrascadas em que se mete por causa do uso de drogas e álcool.

A cantora estourou na parada musical no ano passado com seu álbum "Back to Black", emplacando o hit "Rehab", cuja letra fala sobre a recusa em buscar tratamento para a dependência química.

O marido de Amy, de 25 anos, está preso em Londres desde novembro, acusado de obstrução da Justiça em um caso de agressão.

Revista Consultor Jurídico, 31 de dezembro de 2007, 10h09

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 08/01/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.