Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Intercâmbio econômico

Mercosul e Israel assinam Tratado de Livre Comércio

Mercosul e Israel assinaram Tratado de Livre Comércio, na terça-feira (18/12). Os principais itens do comércio mútuo serão carnes e produtos agrícolas como a soja, alta tecnologia, agroquímicos e softwares, além do fluxo turístico em ambos sentidos. Alguns dos produtos serão isentos de tarifa desde o início. Outros sofrerão redução gradativa da tarifa.

O acordo foi fechado depois de dois anos de negociações, durante a reunião em Montevidéu da cúpula do bloco, formado pelo Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai. Este é o primeiro tratado comercial que o Mercosul assina desde sua fundação em 1991. As informações são da AFP.

Entre janeiro e setembro de 2007, as exportações de Israel para o Mercosul chegaram a US$ 541 milhões. Já as importações de produtos provenientes do bloco ficaram em US$ 551 milhões. Em 2006, estes dados foram de US$ 552 milhões e US$ 553 milhões, respectivamente.

O embaixador israelense, Yoel Barnea, declarou que “o Mercosul é um mercado importante, de 250 milhões de habitantes, portanto nos interessa reforçar o intercâmbio econômico apesar da distância”.

Este é, até o momento, o único resultado concreto da Cúpula do Mercosul, da qual participam, além do anfitrião Tabaré Vázquez, os presidentes de Argentina, Cristina Kirchner; Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva; Paraguai, Nicanor Duarte; Venezuela, Hugo Chávez; e Chile, Michelle Bachelet.

O acordo foi assinado pelos chanceleres brasileiro, Celso Amorim; argentino, Jorge Taiana; paraguaio, Ruben Ramírez Lezcano; uruguaio, Reinaldo Gargano; o presidente uruguaio, Tabaré Vázquez, e o vice-primeiro-ministro e ministro da Indústria israelense, Eliahu Yishai.


Revista Consultor Jurídico, 19 de dezembro de 2007, 15h55

Comentários de leitores

1 comentário

Israel tudo bem e quanto a venezuela os "probos...

futuka (Consultor)

Israel tudo bem e quanto a venezuela os "probos" políticos brasileiros estão discordando. Agora digo eu ai, ai, ai que conversa é essa(?) "god bless us all"

Comentários encerrados em 27/12/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.