Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Férias forenses

STJ suspende prazos processuais a partir de 20 de dezembro

A partir da próxima quinta-feira (20/12) até o dia 1º de fevereiro de 2008, todos os prazos processuais estão suspensos no Superior Tribunal de Justiça. A determinação consta na Portaria 178, de 10 de dezembro de 2007, assinada pelo diretor-geral do STJ, Miguel Augusto Fonseca de Campos, e que será publicada no Diário da Justiça desta quinta-feira (13/12).

O ano judicante começa com uma sessão da Corte Especial do tribunal, no dia1º de fevereiro, a partir das 14h. A Corte Especial é o órgão julgador mais importante do STJ.

Compõem o órgão o presidente do STJ, ministro Raphael de Barros Monteiro Filho; o vice-presidente, ministro Francisco Peçanha Martins; o corregedor-nacional de Justiça, ministro Cesar Asfor Rocha; o coordenador-geral da Justiça Federal, ministro Gilson Dipp; além dos seis ministros mais antigos de cada uma das três Seções em que se divide o STJ.

As férias forenses são regulamentadas pelo Regimento Interno do STJ e pela Lei Complementar 35, de 1979.

Revista Consultor Jurídico, 12 de dezembro de 2007, 13h59

Comentários de leitores

2 comentários

A justiça já é lenta, morosa, e assim na maiori...

Pirim (Outros)

A justiça já é lenta, morosa, e assim na maioria das vezes "faz injustiça", apesar de tantos feriados, caindo no descredito do cidadão que necessita resolver a sua vida, e paga tais servidores para tal e os mesmos não correspondem com os anseios, passando uma imagem "arruinada" desse poder para uma sociedade "esbulhada" permanentemente, pelos entes, e seus servidores, acredito que não é por aí que se resolve a suposta "prevaricação" desse poder que resolve as coisas dos outros, deveriam procurar mecanismo outros, tipo escalas de serviço (pois são servidores públicos) já pensaram se a todos os médicos lhe dessem um mês de férias, de uma “tacada só” no serviço público, que já anda tão carente de credibilidade, igual ao judiciário, a montanha de usuários ficariam à míngua e até morreriam! ´BOM QUANTOS AOS ADVOGADOS, ESTES TRABALHAM COM SERVIÇOS PRESTADOS, COMO UM PROFISSIONAL LIBERAL QUALQUER, COMO UM MÉDICO, DENTISTA, ARQUITETO, OCULISTA, ENGENHEIRO MECANICO, ETC ETC, SE NÃO ABRIR AS PORTAS, JÁ SE SABE, FICA SEM O SEU GANHA PÃO! ENTÃO NÃO HÁ QUE SE FALAR EM REGULAMENTAR FÉRIAS DE ADVOGADOS, ISSO É UM ABSURDO SEM TAMANHO E SEM LÓGICA!!!!!

A justiça já é lenta, morosa, e assim na maior...

Pirim (Outros)

A justiça já é lenta, morosa, e assim na maioria das vezes "faz injustiça", E apesar de tantos feriados, e cai no descredito do cidadão que necessita resolver a sua vida, paga tais servidores para tal e os mesmos não correspondem com os anseios, passando uma imagem "arruinada" desse poder para uma sociedade "esbulhada" permanentemente, pelos entes, e seus servidores, acredito que não é por aí que se resolve a suposta "prevaricação" desse poder que resolve as coisas dos outros, deveriam procurar mecanismo outros, tipo escalas de serviço (pois são servidores públicos) já pensaram se a todos os médicos lhe dessem um mês de férias, no serviço público, já anda tão carente, igual ao judiciário, a montanha de usuários ficariam à míngua e até morreriam! ´BOM QUANTOS AOS ADVOGADOS, ESTES TRABALHAM COM SERVIÇOS PRESTADOS, COMO UM PROFISSIONAL LIBERAL QUALQUER, COMO UM MÉDICO, DENTISTA, ARQUITETO, OCULISTA, ENGENHEIRO MECANICO, ETC ETC, SE NÃO ABRIR AS PORTAS, JÁ SE SABE, FICA SEM O SEU GANHA PÃO! ENTÃO NÃO HÁ QUE SE FALAR EM REGULAMENTAR FÉRIAS DE ADVOGADOS, ISSO É UM ABSURDO SEM TAMANHO E SEM LÓGICA!!!!!

Comentários encerrados em 20/12/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.