Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Cerco contra sonegação

PF deflagra operação contra sonegação previdenciária e fiscal

Por 

A Polícia Federal capixaba deflagrou, na manhã desta segunda-feira (10/12), a Operação Monte Líbano. São 125 policiais federais lotados no Espírito Santo e no Rio de Janeiro que trabalham para desmantelar uma organização criminosa. A PF a acusa sonegação de contribuições previdenciárias e fiscais, além de corromper funcionários públicos, do setor de exploração mineral no Espírito Santo. Os trabalhos são realizados em conjunto com o Ministério Público Federal.

As investigações tiveram origem na Delegacia da PF em Cachoeiro de Itapemirim, em fevereiro deste ano, e identificaram esquemas de sonegação fiscal, tráfico de influência, corrupção ativa e passiva, formação de quadrilha, crimes contra o meio ambiente, dentre outros, com participação de empresários, funcionários de empresas de exploração mineral e servidores públicos responsáveis pela fiscalização.

Os acusados, de acordo com a PF, contavam com o apoio de um grupo de servidores públicos, que, em troca de propinas, elaborava pareceres com a finalidade de favorecer os interesses da quadrilha.

As fraudes fiscais eram realizadas por meio de emissão de notas “frias”, utilização de uma mesma nota para vários blocos de granito ou mármore e ocultação do faturamento real das empresas por “caixa dois”.

Até às 11h desta segunda-feira, foram cumpridos 13 mandados de prisão temporária e 22 mandados de busca e apreensão.

 é repórter especial da revista Consultor Jurídico

Revista Consultor Jurídico, 10 de dezembro de 2007, 11h29

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 18/12/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.