Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Livro na internet

Pai da ex-mulher de O.J. Simpson processa site sueco

Por 

O pai da ex-mulher do craque de futebol americano O.J. Simpson foi à Justiça contra um site sueco, que é acusado de ter colocado a obra “Se eu tivesse feito: confissões de um assassino” na internet. Em junho de 2007, um juiz de Miami decretou a falência da editora Harper Collins, por ter tentado vender o livro. Simpson recebeu como adiantamento US$ 3,5 milhões pela autoria obra. Mas perdeu os direitos sobre ela. Todas as cópias do livro, que tratam do assassinato da ex-mulher do jogador, foram destruídas. As informações são do site Findlaw.

Fred Goldman, pai de Nicole Brown, obteve judicialmente os direitos sobre a obra. Nicole, ex-mulher do craque, e seu namorado Ronald Goldman, foram assassinados na Califórnia, em 1994. Acusado de ser o autor dos crimes, Simpson, um dos maiores astros do esporte dos Estados Unidos nas décadas de 80 e 90, foi julgado e absolvido.

Em 1997, Simpson foi submetido a um julgamento civil e considerado culpado. Ele foi condenado a pagar US$ 33,4 milhões aos familiares das vítimas. Os direitos do livro foram obtidos pelo pai de Nicole como parte do pagamento dessa soma.

Fred Goldman sustenta que já perdeu pelo menos US$ 150 mil desde que o site sueco A Baia dos Piratas deixou livro acessível para download gratuito. O livro continua disponível no site. A alegação é a de que não tem de se submeter às leis dos EUA porque fica hospedado em território sueco

 é repórter especial da revista Consultor Jurídico

Revista Consultor Jurídico, 3 de dezembro de 2007, 0h01

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 11/12/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.