Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Craque em problemas

Justiça argentina decreta prisão de Diego Maradona

A Justiça argentina declarou o astro de futebol Diego Maradona, atualmente na Colômbia, como fugitivo e emitiu uma ordem de prisão contra o ex-jogador. Ele respondeu a um processo aberto por acidente de trânsito. A informação foi divulgado pelo periódico esportivo Olé.

A detenção de Maradona foi solicitada pelo promotor Gustavo Galante e autorizada pelo juiz responsável pelo caso do acidente que aconteceu em 10 de fevereiro de 2006. Na ocasião, a caminhonete de Maradona se chocou com uma cabine telefônica e provocou lesões leves em um casal que passava pelo lugar.

Maradona sempre afirmou que não dirigia o veículo quando ocorreu o acidente, embora algumas testemunhas tenham dito que o viram sair do carro pelo lado do motorista, depois de bater na cabine. O ex-jogador é acusado por "lesões leves" e pediu numerosas prorrogações para não se apresentar.

Com 46 anos, Maradona ficou internado este ano por 17 dias entre abril e maio para se recuperar de intoxicação. Antes disso, também ficou hospitalizado durante 22 dias com um diagnóstico de hepatite causada por excesso de álcool.

No entanto, sua passagem mais crítica pelos leitos de hospital foi em 2004, quando o astro se viu à beira da morte. Maradona foi internado por sofrer de uma aguda deficiência cardíaca e respiratória agravada pelo uso de entorpecentes.

Revista Consultor Jurídico, 31 de agosto de 2007, 18h49

Comentários de leitores

2 comentários

Aqui, no caso do Edmundo, morreram 3 pessoas e ...

J.Henrique (Funcionário público)

Aqui, no caso do Edmundo, morreram 3 pessoas e o processo se arrasta por mais de 10 anos.

"O talento ao relento". É lastimável.

Luís da Velosa (Bacharel)

"O talento ao relento". É lastimável.

Comentários encerrados em 08/09/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.