Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Desfalque na mídia

MP dos Estados Unidos processa ex-patrão de jornais ingleses

Por 

Conrad Black, ex-timoneiro do terceiro maior conglomerado de jornais em língua inglesa de todo o mundo, está sendo processado pelo Ministério Público de Chicago, nos Estados Unidos. A ação vem um mês depois de ter sido condenado a devolver US$ 32 milhões aos cofres de seu antigo império jornalístico, o grupo Hollinger. Segundo o site Findlaw, os promotores de Illinois agora querem mais US$ 16.9 milhões, para cobrir o rombo deixado na empresa.

Para tanto, ajuizaram ação postulando que Conrad Black entregue à Justiça dois de seus imóveis de luxo, um no Central Park, em Nova York, e outro em Palm Beach, na Flórida. Black capitaneava a companhia Hollinger CEO e pouco antes de vendê-la desviou, em papéis falsos, cerca de US$ 100 milhões da empresa. As primeiras ações partiram do Departamento de Justiça da Comissão de Seguros e Câmbio do governo dos EUA.

A Hollinger CEO hoje se chama Sun-Times Media Corp. e publica 100 jornais locais, mais o Chicago Sun Times. A companhia também já foi dona do London Daily Telegraph e do Jerusalém Post.

Conrad Black foi condenado em três acusações de fraude e uma de obstrução de Justiça.

 é repórter especial da revista Consultor Jurídico

Revista Consultor Jurídico, 29 de agosto de 2007, 16h09

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 06/09/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.